Search
Camaquã
19°C
Camaquã
19°C
Chile

Número de mortos em incêndio no Chile sobe para 112

Sinistro atinge desde a última sexta-feira (02), a região de Viña del Mar
Foto: Reprodução/Facebook/Governo do Chile
Foto: Reprodução/Facebook/Governo do Chile

Ao menos 112 mortes foram causadas pelos incêndios florestais que afetam a região de Valparaíso, no centro do Chile, segundo informações deste domingo (04), do Ministério do Interior. O presidente Gabriel Boric descreveu a situação como “a maior tragédia desde o terramoto de 2010”, que deixou mais de 500 mortes.

O Ministério do Interior apontou o número de mortos para 112 e destacou que o Serviço Médico Legal identificou 32 corpos, conforme o subsecretário, Manuel Monsalve, citado pela agência noticiosa AFP.

Com diversos incêndios extintos próximo aos morros mais populosos, onde o sinistro causou estragos na sexta-feira (02), os morros residenciais começam a ser reduzidos a cinzas e longas filas de carros nas ruas, não se sabe se há veículos estacionados ou de pessoas tentando evacuar.

Macarena Ripamontil, presidente da Câmara de Viña del Mar, um dos municípios mais afetados pelos incêndios, indicou que foram recebidas 372 denúncias de pessoas desaparecidas, segundo a agência Europa Press.

Viña del Mar, 120 quilómetros a noroeste de Santiago, foi uma das áreas mais atingidas pelos piores incêndios florestais que o Chile sofreu na sua história recente.

Tags: América do sul, Chile, incendio, Mundo