12/05/2021 14h07 - Atualizado em 13/05/2021 08h48

Filho de homem incinerado em fornalha presta depoimento à polícia

Crueldade do caso chocou comunidade de Dom Feliciano
Por: Valesca Luz / Acústica FM - Foto: Divulgação / Polícia Civil
Filho de homem incinerado em fornalha presta depoimento à polícia

O filho de 20 anos preso temporariamente, após a mãe confessar ter dopado e matado o marido enquanto dormia em Dom Feliciano, prestou depoimento na manhã desta quarta-feira (12) na Polícia Civil. O homem está detido no Presídio Estadual de Camaquã.

> Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui!

De acordo com a delegada responsável pela investigação, Vivian Sander Durte, foi registrado o desaparecimento do marido no dia 15 de fevereiro, data em que a acusada pesquisou no celular como matar uma pessoa com veneno. Na manhã desta terça-feira (11), a suspeita confessou ter matado o homem e foi preso junto do filho. O depoimento faz parte do processo sigiloso de investigação.

> Receba todas as notícias da Acústica no seu Telegram tocando aqui!

Em depoimento, a mãe alegou sofrer constantes agressões, ela estava em uma relação de 21 anos com o companheiro e não aceitou ameaças aos seus filhos. A investigação aponta que a mulher sedou o companheiro de 43 anos com uso de medicamento diluído em suco e o jogou dentro de uma fornalha na estufa de fumo da família. A Delegacia de Polícia do município cumpriu dois mandados de busca e apreensão no local.

Entenda a história:

Agressões recorrentes teriam motivado mulher a queimar marido vivo em Dom Feliciano

Mulher dopa companheiro e joga dentro de fornalha de fumo em Dom Feliciano

Deixar um comentário