06/04/2021 14h24 - Atualizado em 06/04/2021 14h24

Jovem escritor camaquense cria universo de fantasia do zero

Brayan William Martins, de 17 anos, desenvolveu um mundo com um sistema RPG do zero na literatura fantástica
Por: Daniel Larusso - Foto: Divulgação/Redes Sociais
Jovem escritor camaquense cria universo de fantasia do zero

O universo da literatura fantástica ganha cada vez mais espaço entre jovens e adultos no mundo inteiro, principalmente com a popularização do streaming, dos games e do cinema da ficção. Título como Senhor dos Anéis, The Witcher (Netflix), The Elder Scrolls (Skyrim) ou Harry Potter são parte de um universo gigantesco de fantasia e cultura pop que fazem grande sucesso na literatura ou cinema.

> Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui

E essa realidade parece ter atingido e inspirado o jovem escritor camaquense Brayan W. Martins, com 20 anos de idade. Martins desenvolveu um universo de fantasia literária do marco zero. Em conjunto com esse mundo de fantasia, o camaquense também criou um sistema de RPG (Jogo de Interpretação de Papéis- traduzido para português) situado nesse mundo com deuses, guerreiros, monstros e muito mais.

De acordo com Martins, seu projeto começou no ano de 2020. “Eu gostava muito de jogar rpg com meus amigos, então decidi escrever um sistema de rpg próprio num universo novo. No começo ia ser um sistema de rpg simples, mas eu comecei a escrever a história do mundo e eu gostei tanto que no futuro irei escrever uma saga no meu universo”.

Os planos do prodígio na literatura é dar continuidade ao seu universo, desenvolvendo uma saga, assim como sequências de livros de outras obras de fantasia.

O que é um RPG?

RPG é a sigla em inglês para role-playing game, um gênero de jogo no qual os jogadores assumem o papel de personagens imaginários, em um mundo fictício.

Os jogos de RPG podem ser jogados de diversas formas. As mais comuns são através de atuação literal, na qual os jogadores agem, falam e se vestem como seus personagens, e o RPG de mesa, a forma mais famosa (e a primeira inventada) de RPG.

Em qualquer modalidade de RPG, as histórias são guiadas por um jogador denominado “mestre”, que dita a trama, descreve os cenários, controla os inimigos que outros jogadores enfrentam, etc. Enquanto isso, os outros jogadores tomam suas decisões de forma livre conforme as situações narradas pelo mestre.

Technism RPG e a saga Aertiah: conheça um pouco do universo

Assim como há bruxos em Harry Potter, magos em Senhor dos Anéis ou pessoas modificadas geneticamente em Cyberpunk 2077, em Aertiah, há a presença de figuras assim. “Meu sistema é diferente pois é um mundo medieval num mundo pós apocalíptico ou seja medieval e resquícios de tecnologia juntos, se passando 2,5 mil anos depois dos anos 2000”.

Confira trecho com o começo de tudo da história

“Antes de tudo existir havia apenas o nada e Armirya a deusa da criação, ninguém sabe ao certo o que veio antes disso, mas todos sabem que Armirya sempre existiu no começo de tudo. Vagando sozinha no infinito vazio de escuridão Armirya decidiu usar seus poderes divinos e criou um universo para ela viver, então para ajudá-la ela criou 12 deuses com poderes extraordinários para completar o universo criado para ela.”

A publicação completa do projeto ainda não tem data oficial de lançamento.

Deixar um comentário