19/03/2021 15h12 - Atualizado em 19/03/2021 17h05

Em entrevista na Rádio Acústica FM, Bolsonaro defende uso de medicamentos off-label contra covid-19

Presidente Jair Bolsonaro participou do programa Primeira Hora desta sexta-feira (19)
Por: Redação/Acústica FM - Foto: Reprodução
Em entrevista na Rádio Acústica FM, Bolsonaro defende uso de medicamentos off-label contra covid-19

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participou ao vivo do programa Primeira Hora, da Rádio Acústica FM, nesta sexta-feira (19). Na entrevista com Fábio Renner, o chefe do Poder Executivo defendeu o uso de medicamentos off-label, cuja indicação do profissional diverge da bula, contra a Covid-19. Ele estava acompanhado do deputado federal gaúcho Ônix Lorenzoni.

> Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui

Bolsonaro havia manifestado em sua live semanal na noite desta quinta-feira (18), ter tido acesso a entrevista da emissora, em que o vereador e ex-prefeito de Dom Feliciano, Dalvi Soares de Freitas, relatava sua experiência com o tratamento alternativo à Covid-19. Em relato emocionado, Dalvi revelou que contraiu a doença no final de fevereiro e seu caso acabou se agravando quando já estava na etapa final da doença. O político teve de ser transferido para o Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA), em Camaquã, onde foi atendido pela médica Eliane Scherer, que administrou o tratamento alternativo.

O presidente traçou um paralelo entre a Covid-19 e o combate à AIDS nos anos 80, em que teriam sido utilizados medicamentos off-label para conter à doença, sem críticas como agora. “No Brasil a pessoa é criminaliza quando tenta uma alternativa para salvar quem estar em estado grave”, afirma Bolsonaro, referindo-se a demissão da médica após prescrever o medicamente por via inalatória.

Acompanhe a entrevista na íntegra, clicando aqui

Deixar um comentário