10/03/2021 14h09 - Atualizado em 10/03/2021 14h12

Você concorda? Crime de “stalking” vai para sanção presidencial

A perseguição poderá resultar em pena de reclusão de 6 meses a 2 anos, além de multa
Por: Gil Martins/Acústica FM - Foto: Divulgação
Você concorda? Crime de “stalking” vai para sanção presidencial

O Senado Federal aprovou o projeto de lei de autoria da senadora Leila Barros que tipifica, no Código Penal, o crime de perseguição, popularmente conhecido como “stalking”.

> Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui

Quem perseguir outra pessoa insistentemente, ameaçando sua integridade física ou psicológica ou invadindo sua privacidade, poderá receber pena de reclusão de 6 meses a 2 anos, além de multa.

Um caso famoso desse tipo de crime foi a da radialista Verlinda Robles, do Mato Grosso do Sul, que relatou, em 2019, que um homem, alegando estar apaixonado por ela, lhe telefonava continuamente e chegou a alterar endereços de recebimento de contas dela.

A Associação dos Magistrados Brasileiros colaborou com a formulação desse projeto e a presidente da AMB, Renata Gil, afirma que esta lei deve ajudar as mulheres vítimas de perseguições. O texto aprovado no Senado nessa terça-feira (9) segue agora para sanção presidencial.

Texto: Nelson Lin/Agência Brasil

Deixar um comentário