02/03/2021 16h04 - Atualizado em 02/03/2021 16h27

Feminicídio: Brasil é o 5º país que mais mata mulheres no mundo

Crime pode levar de 12 a 30 anos de prisão
Por: Valesca Luz / Acústica FM - Foto: Divulgação
Feminicídio: Brasil é o 5º país que mais mata mulheres no mundo

O termo “feminicídio” foi usado pela primeira vez em 1976, pela escritora, socióloga e ativista, Diana Russel e marca como assassinato de mulheres por homens pelo simples fato de serem mulheres. De acordo com pesquisa realizada pela Agência Rádio Web, o Brasil é o quinto país do mundo que mais mata mulheres analisado pela Nações Unidas dos Diretos Humanos. O crime pode levar de 12 a 30 anos de prisão.

A lei sancionada em 2015 é usada como instrumento de combate a estes crimes, ela pode ser aplicada por violência doméstica nos casos de misoginia e discriminação de gênero e também incluir violência sexual. No Brasil, a prática é comum e aumentou após as medidas de isolamento de prevenção a covid-19.

Organizações lutam junto do poder público para oferecer suporte as mulheres vítimas no Brasil. Em Camaquã, a Rede de Atenção a Mulher (RAM) fornece atendimento mesmo durante a pandemia de maneira remota.

Confira:

Deixar um comentário