18/02/2021 08h26 - Atualizado em 18/02/2021 08h26

18 de fevereiro na história: a morte de Martinho Lutero e o show histórico de Rolling Stones em Copacabana

Acompanhe os fatos que marcaram essa data ao longo dos anos
Por: Zap Zap - Foto: Reprodução
18 de fevereiro na história: a morte de Martinho Lutero e o show histórico de Rolling Stones em Copacabana

1546 – Morria aos 62 anos Martinho Lutero. Ele foi um monge agostiniano e professor de teologia germânico que tornou-se uma das figuras centrais da Reforma Protestante. Levantou-se veementemente contra diversos dogmas do catolicismo romano, contestando sobretudo a doutrina de que o perdão de Deus poderia ser adquirido pelo comércio das indulgências. Aqueles que se identificaram com os ensinamentos de Lutero acabaram até hoje sendo chamados de luteranos.

1564 – Morria aos 88 anos Michelangelo. Michelangelo di Lodovico Buonarroti Simoni foi um pintor, escultor, poeta e arquiteto, considerado um dos maiores criadores da história da arte do ocidente. Várias de suas criações estão entre as mais célebres da arte do ocidente, destacando-se na pintura o vasto ciclo do teto da Capela Sistina e o Juízo Final no mesmo local, e dois afrescos na Capela Paulina; serviu como arquiteto da Basílica de São Pedro implementando grandes reformas em sua estrutura e desenhando a cúpula, remodelou a praça do Capitólio romano e projetou diversos edifícios, e escreveu grande número de poesias.

1806 - Construção do Arco do Triunfo de Paris. O Arc de Triomphe de Paris (O Arco do Triunfo de Paris), é um dos monumentos mais famosos do mundo. Está localizado na praça Charles de Gaulle, no extremo oeste da avenida Champs-Élysées. Foi projetado pelo arquiteto francês Chalgrin, inspirado na arquitetura romana, e atinge uma altura de 49 metros e 45 de largura. Possui uma estátua em cada um de seus quatro pilares. Dentro do Arco há um museu que explica sua história e construção. É possível subir ao teto, de onde se pode ter uma vista panorâmica de alguns dos lugares turísticos mais famosos de Paris.

1986 - Samba perdia Nelson Cavaquinho, compositor e cantor. Ele tinha um estilo único de tocar seu violão, usando apenas dois dedos da mão direita. Ele morreu exatamente uma semana depois de comemorar a vitória da Mangueira no carnaval. Apesar da grande produção artística, Nelson Cavaquinho gravou apenas dois álbuns e intérpretes como Elizete Cardoso também gravaram suas composições.

2006 - Rolling Stones tocavam para 1,5 milhão de pessoas em Copacabana. Foi um dos maiores públicos já registrados em um show no mundo inteiro e a maior apresentação da carreira da banda. Mais de 10 mil policiais foram destacados para o evento. Cinquenta jornalistas estrangeiros foram credenciados para cobrir o espetáculo. Milhares de turistas estrangeiros também desembarcaram no Rio para assistir ao show. Os artistas brasileiros Afroreggae e Titãs abriram a apresentação.

Aniversariantes:

Michal Jordan – 58 anos - Michael Jeffrey Jordan é um ex-jogador profissional de basquetebol norte-americano, atualmente dono da equipe da NBA Charlotte Hornets. É considerado por muitos como o melhor jogador de basquete de todos os tempos e por muitos como um dos mais importantes desportistas masculinos da história.

Priscila Fantin – 38 anos - Priscila Fantin de Freitas é uma atriz brasileira. Ficou conhecida pelos seus papéis como Tati em Malhação, Maria em Esperança, Olga em Chocolate com Pimenta, Serena em Alma Gêmea e Beatriz em Sete Pecados. A atriz passou alguns anos afastada da teledramaturgia para cuidar da saúde, após sofrer de depressão, diagnosticada em 2008.

Christiane Torloni – 64 anos - Christiane Maria dos Santos Torloni é uma atriz brasileira. Seu currículo impressiona: 25 novelas, 15 peças e 15 filmes. Fora das telas e palcos, a atriz é militante de causas sociais e marcou uma geração ao ser capa da Playboy por três vezes. Christiane viveu a experiência da perda de um filho, mas conseguiu se reerguer e seguir mostrando seu talento.

John Travolta – 67 anos - John Joseph Travolta é um ator norte-americano. Conhecido por filmes de sucesso como “Os Embalos de Sábado à Noite”, onde fãs histéricas quase derrubaram o trailer onde Travolta estava, no intuito de fazê-lo sair do local. E também com “Grease - Nos Tempos da Brilhantina”, coestrelado por Olivia Newton-John. A parceria fez tanto sucesso que foi repetida em “Embalos a Dois”, sem o mesmo sucesso.

Deixar um comentário