21/01/2021 08h43 - Atualizado em 21/01/2021 08h43

21 de janeiro na história: a morte de Vladimir Lenin e a descoberta do petróleo no Brasil

Acompanhe os fatos que marcaram essa data ao longo dos anos
Por: Zap Zap - Foto: Divulgação/Encyclopædia Britannica
21 de janeiro na história: a morte de Vladimir Lenin e a descoberta do petróleo no Brasil

1924 - Morria Vladimir Lenin, revolucionário e chefe de estado russo. Lenin era o líder da revolução bolchevique e principal líder da União Soviética, Vladimir Ilyich Ulyanov foi vítima de uma hemorragia cerebral. Desde a sua juventude, Lenin havia se dedicado ao estudo do marxismo e à militância revolucionária. Durante seu governo, o líder revolucionário implementou reformas que incluíram a nacionalização da indústria e distribuição de terras. A União das Repúblicas Socialistas Soviéticas foi fundada em 30 de dezembro de 1922. Vladimir Lenin morreu menos de dois anos depois, aos 54 anos de idade. Após sua morte, o poder passou às mãos de Joseph Stalin.

1939 – Acontecia a descoberta da primeira jazida de petróleo no Brasil. Neste dia o ministro da Agricultura, Fernando Costa, anunciou a descoberta de uma jazida de petróleo em Lobato, um bairro de Salvador, na Bahia. De acordo com a equipe do local, quando a perfuração do poço atingiu 208 metros, gotas de óleo começaram a aparecer. Foram recolhidos 70 litros de petróleo bruto. Em 1941, um dos poços perfurados deu origem ao campo de Candeias, pioneiro na produção do petróleo no Brasil.

1976 - O começo de uma era: Concorde fazia duplo voo inaugural com passageiros em Londres e Paris. Neste dia partiram, simultaneamente os primeiros voos comerciais com passageiros do Concorde. Os inovadores Concordes voaram bem além da barreira do som, a 2.172,6 km/hora, reduzindo o tempo de viagem aérea pela metade. O Concorde não foi um grande sucesso comercial, e as pessoas se queixaram bastante da poluição sonora causada por suas explosões sônicas e motores barulhentos. A maioria das companhias aéreas não teve interesse na compra da aeronave, e apenas 16 Concordes foram construídos. Em julho de 2000, um Concorde da Air France caiu um minuto após decolar de Paris, a caminho de Nova York. Todas as 109 pessoas a bordo e quatro em terra foram mortos. O acidente foi causado pelo estouro de um pneu, que rompeu um tanque de combustível, criando um incêndio que levou à falha do motor. O acidente fatal - o primeiro na história do Concorde - marcou o declínio da aeronave. Em 24 de outubro de 2003, o Concorde realizou o seu último voo comercial regular.

2017 - Milhões de pessoas ao redor do mundo juntam-se à Marcha das Mulheres em resposta à posse de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos. Foi uma manifestação que ocorreu em Washington, D.C., para promover os direitos da mulher, reformas na imigração, direitos LGBT e abordar as desigualdades raciais, questões trabalhistas e questões ambientais. Eventos irmãos aconteceram em cidades ao redor do mundo. A marcha foi transmitida ao vivo no YouTube, Facebook e Twitter. A marcha atraiu milhares de pessoas de 2,9 a 4,2 milhões em cidades em todo os EUA, tornando-se assim o maior protesto em um único dia na história do país.

2017 – Descarrilamento de trem na Índia deixava 39 mortos e feria outras 50. O acidente ocorreu após descarrilamento de locomotiva e sete vagões de um trem que ia de Jagdalpur, na parte central do país, para Bhubaneswar, no leste. De acordo com a polícia local, não há indícios de sabotagem e uma falha técnica pode ter sido a causa do acidente.

2017 – Onda de tornados atingia várias partes do sudeste e sul dos Estados Unidos provocando grande destruição e perda de vidas. Foi o mais mortífero desde o tornado de 2014, a maioria das mortes ocorreram enquanto ainda estava escuro, durante as primeiras horas da manhã. Pelo menos 37 tornados atingiram o Texas, Louisiana, Mississippi, Alabama, Geórgia, Flórida e Carolina do Sul, alguns dos quais foram fortes e causaram várias mortes. Vinte pessoas foram mortas pelos tornados, tornando-se o segundo surto de tornado mais letal nos Estados Unidos no mês de janeiro desde 1950.

Aniversariantes:

Paulo Miklos – 62 anos - Paulo Roberto de Souza Miklos é um músico, ator e apresentador de televisão brasileiro de ascendência húngara, ex-vocalista da banda de rock Titãs. Em 2001 iniciou a carreira de ator. Em 2011, iniciou a carreira de apresentador de televisão, apresentando o "Paulo Miklos Show" na Mix TV, entre 2012 e 2013. Em 2017 ele tocou a faixa, "Vou te Encontrar", escrita por Nando Reis, outro ex-membro dos Titãs, a música entrou para a trilha sonora da Novela O Outro Lado do Paraíso da TV Globo.

Michel Teló – 41 anos - Michel Teló é um cantor, compositor, multi-instrumentista e ator brasileiro. Sendo paranaense de nascimento, mas tendo residido no Mato Grosso do Sul desde sua infância, já era famoso na cena musical daquele estado muito antes de fazer sucesso nacionalmente. No Mato Grosso do Sul, fez parte de dois grupos musicais, e foi no Grupo Tradição que sua carreira como vocalista tomou impulso. Cantor desde a infância, Teló se tornou conhecido no ano de 1994, como vocalista do grupo Tradição. O cantor já figurou na parada Social 50 a frente de Madonna e Coldplay, da revista americana Billboard. Teló é casado com a atriz Thais Fersoza.

Felipe Neto – 33 anos - Felipe Neto Rodrigues Vieira é um empresário, vlogger, ator, comediante e escritor luso-brasileiro. É conhecido por ter um dos maiores canais brasileiros do YouTube, com 41 milhões de inscritos e mais de onze bilhões de visualizações acumuladas. Seu sucesso inicial se deu mostrando, nos vídeos, sua opinião sobre celebridades, atividades do cotidiano e filmes, geralmente com tom fortemente crítico e/ou cômico, sendo o primeiro a conquistar 1 milhão de inscritos no Brasil. É irmão do também youtuber Luccas Neto. Em 2020, foi incluído na tradicional lista das 100 pessoas mais influentes do mundo, organizada pela revista norte-americana Time.

Deixar um comentário