05/01/2021 11h24 - Atualizado em 05/01/2021 11h24

Justiça define que município não pode proibir instalação de torres de transmissão

Segundo ministra, concessão ou permissão dos serviços de telecomunicações é da União
Por: Gil Martins/Acústica FM - Foto: Divulgação
Justiça define que município não pode proibir instalação de torres de transmissão

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu pela inconstitucionalidade de dispositivos da Lei 6060/2017, do Município de Americana (SP), que proíbem a instalação de sistemas de transmissores ou receptores a menos de 50 metros de residências. Pelos termos da legislação, isso só era permitido se houvesse concordância dos proprietários dos imóveis localizados na área.

- TOQUE AQUI E RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP GRATUITAMENTE

A relatora, ministra Cármen Lúcia, afirmou, em seu voto, que a competência para explorar, diretamente ou por autorização, concessão ou permissão dos serviços de telecomunicações é da União. Com isso, a magistrada destacou que “não se trata de matéria de interesse predominantemente local ou concernente aos lindes do planejamento urbano”.

Ainda de acordo com a ministra, os municípios até podem suplementar a legislação federal e a estadual no que couber, tendo, inclusive, competência material comum em matéria de proteção ao meio ambiente. Porém, ela ressaltou que as leis municipais não podem se incompatibilizar com o modelo de distribuição de competências fixado na Constituição Federal.

Texto: Marquezan Araújo/Brasil 61

Deixar um comentário