05/01/2021 09h23 - Atualizado em 05/01/2021 09h23

05 de janeiro na história: as oito horas de trabalho da Ford e o frio de -20ºC

Acompanhe os fatos que marcaram essa data ao longo dos anos
Por: Zap Zap - Foto: Divulgação
05 de janeiro na história: as oito horas de trabalho da Ford e o frio de -20ºC

1785 - Dona Maria I de Portugal promulgava um alvará que proibia proliferação de indústrias no Brasil. De acordo com Dona Maria, a proibição foi necessária porque a instalação de fábricas e manufaturas no Brasil iria afetar a oferta de mão de obra da agricultura e da extração de minérios, como ouro e diamantes. A produção têxtil só seria permitida para fabricação de vestuário dos escravos e sacos para empacotamento. Quem desobedecesse a ordem sofreria pesadas multas. O alvará foi revogado em 1º de abril de 1808 por D. João. No Brasil, ela ficou conhecida como Dona Maria, a Louca ou Maria Louca por causa da doença mental que manifestou nos últimos 24 anos de vida.

1906 - Terremotos sacodem a cidade de Masaya, na Nicarágua. Neste dia, a cidade foi sacudida por um terremoto de intensidade de destruição de 5,6 na escala Richter, com o epicentro no Valle de La Laguna de Apoyo e, depois, no final do dia seguinte, por outro terremoto com origem embaixo da própria cidade, com intensidade de 4,7 menos destrutivo providencialmente por estar nas falhas do subsolo a cinco quilômetros de profundidade. Nos locais com menos consequências, houve, no mínimo, deslizamento de telhas ou fissuras em paredes e muros de concreto.

1914 - Montadora Ford implementava jornada de oito horas de trabalho diárias para seus funcionários. Além disso, a companhia mais que dobrou o salário diário dos funcionários da linha do Ford T, que passou de US$ 2,34 para US$ 5 por dia. As medidas foram consideradas revolucionárias para a indústria automotiva da época. Os benefícios tinham algumas restrições. Eles só eram oferecidos aos funcionários que comprovassem que não tinham vícios em jogos e bebidas. Além disso, eles precisavam manter uma boa convivência familiar. Para a surpresa de seus concorrentes, a medida resultou na mesma produtividade que os funcionários tinham anteriormente, quando trabalhavam mais horas. Assim, a margem de lucro da Ford aumentou de US$ 30 milhões para US$ 60 milhões em um período de dois anos. Isso incentivou outras companhias a adotarem um padrão de oito horas para os seus empregados.

1955 - Brasil e Bolívia inauguravam a ferrovia Corumbá-Santa Cruz de La Sierra. Neste dia, os presidentes da Bolívia, Paz Estensoro, e do Brasil, Café Filho, inauguraram oficialmente a linha férrea de 680 quilômetros que unia os dois países. A ferrovia unia Corumbá, no Mato Grosso do Sul, a Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. No terminal brasileiro de Corumbá, a ferrovia se uniu à linha do noroeste do país, que se conectava à cidade a São Paulo, a dois mil quilômetros de distância, e ao porto de Santos. Com exceção de 11 quilômetros, toda a ferrovia estava em solo boliviano, apesar de o Brasil ter bancado a construção.

1998 – Era assassinado o "Bandido da Luz Vermelha", um dos criminosos mais conhecidos do Brasil. Depois de cumprir 30 anos na prisão por conta do seu pesado passado de crimes, João Acácio Pereira, de 55 anos, foi assassinado em 1998, com um tiro de espingarda, durante uma briga com um pescador. O enterro dele foi financiado pela Prefeitura de Joinville. Só um irmão compareceu. João Acácio viveu em torno do crime desde criança, cometendo pequenos delitos. No final da adolescência, passou a viver em Santos e daí pra frente passou a praticar assaltos, assassinatos e tentativas de homicídios. A essa altura, tinha uma série de obsessões, entre eles com a cor vermelha, que ele associava à força demoníaca. Tinha como principais alvos mansões em São Paulo. Seu apelido vinha do estilo próprio de cometer crimes: usava um lenço para cobrir o rosto e carregava uma lanterna com bocal vermelho. Após ser preso, João Acácio foi condenado a 351 anos de cadeia por quatro assassinatos, sete tentativas de homicídio e 77 assaltos. Durante 30 anos, recebeu poucas visitas. Sua história já foi contada duas vezes no cinema e em programas policiais como o Linha Direta.

2017 — Formação de excepcional onda de frio afetava a Europa e causava a morte de pelo menos 60 pessoas ao longo de uma única semana. Em algumas áreas, os voos e os serviços de transporte marítimo foram suspensos, e houve grandes interrupções no fornecimento de energia e outras infraestruturas essenciais. O clima foi o resultado de estacionário de alta pressão sobre a Europa Ocidental, resultando em fortes ventos. Na Polônia, as temperaturas caíram abaixo de -20 °C.

Aniversariantes:

Júlia Almeida – 38 anos - Júlia Gonçalves de Almeida é uma atriz brasileira. É filha do escritor de telenovelas Manoel Carlos. A atriz passou quatro anos em Nova Iorque, onde estudou atuação e direção. Em 2009 foi diagnosticada com epilepsia, passando a usar suas redes sociais para promover debates sobre a doença. Júlia Almeida começou sua carreira de atriz em 1991, na Rede Globo na telenovela Felicidade. Atuou também em Laços de Família, Mulheres Apaixonadas, JK, Duas Caras, Caminho das Índias, entre outras.

Marilyn Manson – 51 anos - Brian Hugh Warner é um cantor, compositor e músico americano, líder e vocalista de uma banda epônima, conhecido por sua personalidade escandalosa. Seu nome artístico foi formado a partir dos nomes Marilyn Monroe e Charles Manson, mostrando o que ele considerava o último e mais perturbador dualismo da cultura estadunidense. Marilyn Manson, além de músico, também é pintor e já fez diversas pontas como ator em alguns filmes, além de dirigir curtas-metragens.

Leda Nagle – 69 anos - Leda Maria Linhares Nagle é uma jornalista, escritora, atriz e apresentadora de televisão brasileira. Foi apresentadora do programa diário Sem Censura, durante 20 anos na TV Brasil. É mãe do ator Duda Nagle e prima do ex-deputado federal Fernando Gabeira. Foi demitida da TV Brasil em 2016 em razão de uma dívida milionária que a TV Brasil possuía, não sendo possível arcar com a produção. Em março de 2017, estreou um canal no Youtube.

Deixar um comentário