29/12/2020 08h48 - Atualizado em 29/12/2020 13h00

29 de dezembro na história: a renúncia de Collor e a morte de Cássia Eller

Acompanhe os fatos que marcaram essa data ao longo dos anos
Por: Zap Zap - Foto: Reprodução/MTV
29 de dezembro na história: a renúncia de Collor e a morte de Cássia Eller

1903 – Nascia o artista plástico brasileiro Cândido Portinari. Um dos artistas plásticos brasileiros de maior destaque internacional, Cândido Portinari nasceu no dia 29 de dezembro de 1903, na cidade de Brodowski, no interior de São Paulo. Com aproximadamente cinco mil obras na sua carreira, ele também pintou gigantescos murais como os painéis “Guerra e Paz”, doados à sede da ONU, em Nova York em 1956, assim como a obra “A descoberta da terra” (1941), no edifício da Biblioteca do Congresso, em Washington. Pouco depois, porém, começou a ter problemas de saúde por conta da intoxicação pelo chumbo de suas tintas. Sem obedecer as ordens médicas, ele continuou pintando e viajando para exposições. No começo de 1962, Portinari participou de uma exposição com 200 telas organizada pela prefeitura de Milão. Neste ano, porém, seu envenenamento pelas próprias tintas foi fatal e o artista morreu no dia 6 de fevereiro de 1962, no Rio de Janeiro.

1992 - Acusado de corrupção, Collor renunciava à presidência do Brasil. Em um dia histórico na política do Brasil, o presidente Fernando Collor de Mello renunciava ao cargo. Anteriormente, no dia 29 de setembro, a Câmara de Deputados havia votado pelo seu impedimento (impeachment) por 441 contra 33 votos. Ele renunciou um dia antes de ser condenado pelo Senado. Desta maneira, perdeu o mandato e ficou inelegível por oito anos. Com sua saída, a presidência foi assumida pelo então vice Itamar Franco. Collor, então o presidente mais jovem do Brasil, na época com 40 anos, estava no poder deste 15 de março de 1990. Ele teve um governo marcado pelo Plano Collor, abertura do mercado nacional às importações e o início de um programa nacional de desestatização. 

2001 - Cantora Cássia Eller morria de maneira repentina. O ano de 2001 foi um dos mais produtivos e também o da morte da cantora Cássia Eller. Pouco antes da virada do ano, no dia 29 de dezembro, ela sofreu um repentino infarto do miocárdio aos 39 anos, no Rio de Janeiro. Foi levantada a hipótese de overdose de drogas, mas a suspeita acabou descartada após laudos periciais. A notícia chocou os fãs. A morte de Cássia aconteceu dias antes de um show programado na Barra da Tijuca, durante a virada do ano. Antes, no começo daquele ano, ela se apresentou no Rock in Rio III e, entre maio e dezembro, fez quase 100 shows. Ainda em 2001, gravou um DVD, o Acústico MTV.

Aniversariantes

Jon Voight – 81 anos - Jonathan Vincent Voight é um ator e produtor de cinema estadunidense, vencedor do Oscar de melhor ator de 1979. De acordo com a revista americana Forbes, Voight possui um patrimônio avaliado em mais de 45 milhões de dólares. É pai do cineasta James Haven Voight e da também atriz Angelina Jolie. É dele os sucessos Perdidos na Noite, Anaconda, Missão Impossível, Fogo Contra Fogo, Transformers e muitos outros.

Jude Law – 48 anos - David Jude Heyworth Law é um ator britânico. O ator trabalhou sempre com grande diversidade de gêneros, mas se dedicou, especialmente, à ficção científica. Mas não deixou de lado os filmes cult, como "Um beijo roubado", de Wong Kar-Wai. Atuouo em filmes como Sherlock Holmes, Contágio, O Aviador, entre outros.

Letícia Colin – 30 anos - Letícia Helena de Queiroz Colin é uma atriz brasileira que iniciou a carreira ainda na infância participando de programas da TV Globo como "Malhação", "TV Globinho" e "Sandy & Junior". Nas redes sociais, Leticia é ativa em causas humanitárias. Com seus personagens acumula alguns prêmios como o Melhores do Ano. Atuou em "A Regra do Jogo", "Chapa Quente", "Nada Será Como Antes", entre outras novelas.

Deixar um comentário