04/12/2020 17h48 - Atualizado em 04/12/2020 17h48

Operação que combate crimes contra idosos fiscaliza casas de repouso de Camaquã

Iniciada em 23 de setembro, ação contabilizou uma prisão e duas medidas protetivas cumpridas
Por: Kevin Oswaldt / Acústica FM Fotos: Divulgação / Polícia Civil
Operação que combate crimes contra idosos fiscaliza casas de repouso de Camaquã

A Polícia Civil deflagrou, nesta sexta-feira (4), a Operação Vetus, que tem o objetivo de combater crimes contra idosos, que tiveram aumento considerável durante a pandemia. Em Camaquã, a ação contabilizou uma prisão, duas medidas protetivas cumpridas, 40 denúncias apuradas, 38 vítimas atendidas e fiscalização de cinco casas de repouso. A contagem leva em conta todas as ações de repressão, que tiveram início em 23 de setembro em todas as delegacias da 29ª Região Policial.

A nível nacional, a ação é coordenada pelo Ministério Da Justiça e Cidadania, e ocorre em todos os 26 estados do país e no Distrito Federal. No Rio Grande do Sul, os trabalhos estão sendo realizados pela Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Polícia de Proteção ao Idoso. A operação denominada “Vetus”, é considerada inédita.

A operação integrada foi planejada tendo em vista o aumento de denúncias de abuso contra idosos registradas durante o período da pandemia, pelo Disque 100, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. Desde então, a polícia gaúcha já apurou 501 denúncias, que culminaram com a instauração de 508 procedimentos investigativos, com atendimento 424 pessoas idosas vítimas de violência e a prisão de nove agressores em todo o Estado do Rio Grande do Sul.

Operação que combate crimes contra idosos fiscaliza casas de repouso de Camaquã
Operação que combate crimes contra idosos fiscaliza casas de repouso de Camaquã

Deixar um comentário