24/11/2020 18h37 - Atualizado em 24/11/2020 18h37

Presa fiscal envolvida em morte de homem negro em supermercado de Porto Alegre

Adriana Dutra aparece nas imagens e tenta impedir filmagem do espancamento
Por: Kevin Oswaldt / Acústica FM Foto: Reprodução / Vídeo
Presa fiscal envolvida em morte de homem negro em supermercado de Porto Alegre

A Polícia Civil prendeu, na tarde desta terça-feira (24), a fiscal do Carrefour, Adriana Alves Dutra. Ela teria se apresentado ao Palácio da Polícia, acompanhada do seu advogado. Adriana aparece nas imagens que mostram João Alberto Silveira Freitas, 40 anos, sendo espancado até a morte por dois seguranças na noite de quinta-feira (19).

A mulher atua como agente de fiscalização do supermercado. Ela aparece nos vídeos, que foram gravados por testemunhas, andando ao redor da vítima e parece dar ordens por meio de um rádio. Em seguida, ela tenta impedir a filmagem do espancamento e chega a discutir com pessoas que estavam no local no momento do crime.

Adriana é a terceira pessoa presa no caso. Já foram detidos Magno Braz Borges e Giovane Gaspar da Silva, os seguranças que bateram em João Alberto Freitas. Os homens foram presos no dia do crime e cumprem prisão preventiva.

Deixar um comentário