24/11/2020 15h16 - Atualizado em 24/11/2020 15h21

São Lourenço do Sul trata de medidas para amenizar efeitos da estiagem

Encontro entre prefeitura e Corsan, ocorreu nesta manhã de terça-feira
Por: Decom/São Lourenço do Sul - Foto: Divulgação
São Lourenço do Sul trata de medidas para amenizar efeitos da estiagem

O Prefeito de São Lourenço do Sul, Rudinei Härter esteve reunido na manhã desta terça-feira (24) com o gerente local da Corsan, Marcelo Ferreira e com o gestor Operacional, Valdomiro Fuchs, tratando de ações para amenizar os problemas da forte estiagem prevista para os próximos meses e que já tem efeitos em algumas regiões da zona rural.

- RECEBA OUTRAS INFORMAÇÕES NO SEU WHATSAPP CLICANDO AQUI

O prefeito propôs o levante em 50 cm na contenção da barragem, para reter aproximadamente 11 milhões de litros de água na bacia da captação. Esta ação seria necessária devido a falta de dragagem da barragem que vem sendo solicitada há mais de quatro anos, um compromisso assumido pela Corsan, mas ainda não realizado.

Foi também tratada a aquisição de um caminhão tanque com capacidade de 15 mil litros para abastecer a zona rural durante a estiagem. Já há famílias com problemas de falta de água em determinadas regiões. Na estiagem passada, a Prefeitura em parceria com a Corsan atendeu mais de 200 famílias no interior do município com fornecimento de água.

Para que as ações sejam efetivadas será necessária a liberação dos recursos pendentes da gestão compartilhada (Prefeitura/Corsan), que está suspensa pela dificuldade na prestação de contas do exercício de 2016, na gestão municipal passada. O assunto está sendo tratado com a maior urgência pelo prefeito Rudinei, que terá reunião com a Diretoria da Corsan em Porto Alegre na quinta-feira (26).

Nova caixa d’água

Na reunião foi tratada também a construção de uma nova caixa d´água na Barrinha, com capacidade de 100 mil litros para melhorar o abastecimento na Barrinha, Navegantes e Balneário, solucionando o problema de abastecimento no verão.

Deixar um comentário