24/11/2020 09h42 - Atualizado em 24/11/2020 09h42

Cristianismo: Arqueólogo acredita ter descoberto casa onde Jesus viveu durante a infância

Especialista estuda o local, em Nazaré, há 14 anos
Por: Lennon Haas / Acústica FM - Fotos: Ken Dark e Getty Images
Cristianismo: Arqueólogo acredita ter descoberto casa onde Jesus viveu durante a infância

Ken Dark, professor de arqueologia e história da University of Reading, acredita que pode ter encontrado a casa onde Jesus Cristo viveu durante sua infância. Ele realiza um trabalho de campo há 14 anos no local, em Nazaré, Israel.

Embora esta afirmação tenha sido rejeitada na década de 30, o professor acredita que as ruínas, localizadas sob o Convento das Irmãs de Nazaré, realmente abrigou Jesus, Maria e José.

A casa foi construída em uma encosta de calcário e incorpora partes de uma caverna natural.

O fato do local ser quase esquecido por historiadores levou o professor Dark a iniciar suas pesquisas no local em 2006. Em 2015 ele publicou um artigo com base em suas descobertas iniciais, sugerindo que o local era o lar da infância do Messias.

Uma análise científica, feita por especialistas, datou o local como sendo do século I, o que reforça a tese de Ken Dark.

Ele também encontrou fragmentos de cerâmica no local, que eram comumente usados por famílias judias da época. Seu trabalho de campo também sugeriu que uma igreja foi construída na caverna diretamente ao lado da casa, no século 4, justamente na época em que o Cristianismo foi adotado como religião oficial do Império Romano sob o imperador Constantino.

Um estudo posterior ainda desenterrou uma igreja do século 5 construída sobre a casa e a igreja da caverna. Esta teria sido a maior igreja de Nazaré e era uma catedral elaboradamente decorada com mármore e mosaicos. Isso corresponde a uma descrição feita no século 7 da grande igreja bizantina que se dizia estar no local da casa de Jesus.

Em entrevista ao MailOnline, o professor afirmou ainda que os fatos encontrados até agora fortalecem consideravelmente o caso. A busca por evidências históricas da vida de Jesus Cristo é uma das buscas mais duradouras na história da arqueologia.

Deixar um comentário