23/11/2020 10h31 - Atualizado em 23/11/2020 10h53

Apenados reivindicam salários atrasados em Camaquã

Presidiários que prestam serviço no setor da Infraestrutura estão há mais de 15 dias sem receber o recurso
Por: Valesca Luz / Acústica FM - Fotos: Valério Weege / Acústica FM
Apenados reivindicam salários atrasados em Camaquã

Um grupo de apenados do Presídio Estadual de Camaquã está há mais de 15 dias sem receber salário. A reportagem da emissora esteve em frente a Secretaria Municipal de Infraestrutura ouvindo a reivindicação do grupo e da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) na manhã desta segunda-feira (23).

- Receba outras informações no seu WhatsApp. Clicando aqui!

Os apenados trabalham durante o dia em serviços de infraestrutura e dormem no presídio a noite, identificados por tornozeleiras eletrônicas, o grupo reivindicou o atraso dos recursos. Após uma reunião entre o representante dos trabalhadores Matheus e integrantes da Susepe ficou definido o acerto dos valores a partir desta terça-feira (24), para as contas dos envolvidos.

Durante a reunião foram alegados problemas de saúde e ausência de documentos necessários para o repasse dos valores. O apenado Matheus Fagundes, em entrevista à emissora, cobrou menos burocracias nos trâmites de pegamentos dos salários. Os repasses por parte da prefeitura estão em dia, de acordo com Fagundes, o atraso ocorreu pela Susepe.

Deixar um comentário