20/11/2020 11h06 - Atualizado em 20/11/2020 11h13

Governador se manifesta sobre morte de homem negro: “responsáveis serão punidos”

Uma delegacia de intolerância passa a funcionar no dia 10 de dezembro para apurar crimes contra grupos vulneráveis
Por: Valesca Luz / Acústica FM - Foto: Divulgação
Governador se manifesta sobre morte de homem negro: “responsáveis serão punidos”

O governador do Estado, Eduardo Leite, se manifestou na manhã desta sexta-feira (20), após a repercussão do homicídio triplamente qualificado a um homem negro dentro de um supermercado de Porto Alegre. Em vídeo acompanhado da Chefe de Polícia Civil, Nadine Anflor e o Comandante Geral da Brigada Militar, Rodrigo Mohr Picon, esclareceram o andamento da investigação.

Leite iniciou a manifestação lamentando a situação justamente na data em que deveria ser celebrado o dia da consciência negra: “cenas que nos deixam indignados pelo excesso de violência” e ainda anunciou a inauguração de uma delegacia contra crimes de intolerância no dia 10 de dezembro no RS. Segundo a Chefe de Polícia Civil, Nadine Anflor, a delegacia será um lugar apropriado e específico para buscar informações e impedir consequências destes crimes raciais: “o objetivo é mudar essa triste realidade de falta de empatia”, lamenta.

- RECEBA OUTRAS INFORMAÇÕES NO SEU WHATSAPP CLICANDO AQUI

A investigação da morte de, João Alberto Silveira Freitas de 40 anos, nesta quinta-feira (19), aponta que duas pessoas já foram presas e mais duas estão sendo investigadas, eles foram autuados por homicídio triplamente qualificado, então por asfixia e impossibilidade de resistência da vítima: “as imagens são muito chocantes, a Polícia Civil dá uma resposta a esta intolerância”, declara Nadine.

De acordo com informações do Comandante Geral da Brigada Militar, Rodrigo Mohr Picon, o policial militar temporário tem a função de substituir os policias militares de carreira em funções administrativas internas e não está no vínculo com o Estado: “ele deve estar respondendo um documento demissionário nos próximos dias sendo retirado da corporação além de responder civilmente ao crime”, alerta.

Leite conclui a fala assegurando que ”todas as circunstâncias deste crime estão sendo apuradas e os responsáveis serão devidamente punidos” além de prestar solidariedade à família da vítima.

Assista:

No Twitter o governador escreveu:

Hoje é o #DiadaConsciênciaNegra. Infelizmente, nesta data em que deveríamos celebrar políticas públicas e avanços na luta por igualdade racial, deparamos com cenas que nos deixam indignados pelo excesso de violência que levou à morte de um cidadão negro.

Deixar um comentário