17/06/2015 10h33 - Atualizado em 17/06/2015 10h33

Guarany de Camaquã completa 69 anos

Por: Rádio Acústica FM - Guarany de Camaquã Foto: Valério Weege/Acústica FM
Guarany de Camaquã completa 69 anos

Em 1946, os camaquenses resolveram fundar um outro clube no município, e para isso, realizaram a primeira reunião na residência do Sr. Edmundo Souza e Dona Mocinha Souza.


Naquele local reuniram-se os jovens Getúlio Dias, João Batista Dias, Jacob Chagas, José Scherer Sobrinho, José Ribeiro (o “Zeca”), Selmar Dias Borba e Adão do Val Paraíso Souza, filho do dono da casa, onde trataram dos primeiros detalhes. Foi sugerido o nome de Guarany Futebol Clube, inspirado no clube com o mesmo nome da cidade de Bagé, muito popular entre os jovens desta região, que prestavam o serviço militar obrigatório naquela cidade.


Na segunda reunião, participaram, além dos anteriormente citados, mais os jovens Ari Castro Oliveira, Cody Silveira, João Castro e Nilo Sant`Anna, quando decidiram convidar mais algumas pessoas para concretizarem a fundação da entidade esportiva.


A assembléia de fundação foi convocada para o dia 16 de Junho de 1946, nas dependências do Cine Guarany, de propriedade do Sr. Joaquim Dias, que além de colocar o estabelecimento à disposição, prontificou-se a dar todo o apoio que fosse necessário.

 

Primeira Diretoria:
Presidente de Honra: Acindino J. Silveira
Presidente: Joaquim Dias
Vice-Pres.: Carolino Wawrzeniak
Primeiro Secretário: Nilo Sant´anna
Segundo Secretário: Jorge Atrib
Primeiro Tesoureiro: Adão do Val Paraíso Souza
Segundo Tesoureiro: João Batista Dias
Cap. Técn: Jacob Chagas
Conselho Fiscal: 
Damiano Casagrande
Valter Meirelles Vieira
Nilo Dias


Cores: azul e branco

Bandeira: toda azul, com uma faixa branca transversal, portando a legenda “Guarany F.C.”

Camisetas: escudo da cor branca com a mesma legenda

 

Valor da jóia: Cr$ 25,00 Mensalidade: Cr$ 3,00

 

Sócios: Fundadores: Acyndino J. Silveira, Adão do Val Paraíso Souza, Alcides Francisco Dias, Álvaro Silveira, Amaury Ribeiro, Ary C. Oliveira, Benito Suso, Carolino Wawrzeniak, Clóvis Pereira Silveira, Silveira, Dílson Dias, Damiano Casagrande, Getulio Dias, Jacques Bröse, João Batista Dias, João Castro, Joaquim Dias, Jacob Chagas, Jorge Atrib, José Ribeiro (o “Zeca”), José Scherer Sobrinho, Nilo Dias, Nilo Sant´anna, Pedro Dias, Selmar Dias Borba e Valter Meirelles Vieira.

Deixar um comentário