11/11/2020 10h46 - Atualizado em 11/11/2020 10h46

INCRÍVEL: Crânio de ancestral humano de 2 milhões de anos é descoberto na África do Sul

O fóssil que levou mais de 300 horas para ser montado é inovador nessa espécie
Por: Iury Rodrigues/Acústica FM - Foto: LA TROBE UNIVERSITY/Divulgação
INCRÍVEL: Crânio de ancestral humano de 2 milhões de anos é descoberto na África do Sul

Arqueólogos australianos, encontraram na África do Sul, um crânio de cerca de 2 milhões de anos, o fóssil que retrata mais um pedaço da nossa história é de um macho da espécie Paranthropus robustus. A espécie é próxima do Homo erectus, que é considerado os ancestrais diretos do homem moderno. As duas espécies habitaram a Terra no mesmo período, porém, a Paranthropus robustus teve sua extinção um pouco antes.

- RECEBA OUTRAS INFORMAÇÕES NO SEU WHATSAPP CLICANDO AQUI

Com mais de 300 horas de trabalho dos arqueólogos para remontá-la, os pedaços do crânio foram encontrados no ano de 2018 e representam um avanço muito grande para historiadores e toda comunidade científica. Até o momento os fosseis encontrados desse tipo tinham apenas um dente e isso foi o que o diferenciou dos demais já que os Homo erectus são caracterizados por cérebros pequenos e dentes grandes.

A alimentação desses ancestrais também são diferentes, os Paranthropus robustus tinham uma alimentação composta prioritariamente por tubérculos e cascas de árvores, já os Homo erectus tinham boa parte de seu consumo voltado a pequenos animais e folhas. Publicado na terça-feira (10) na revista científica Nature, Ecology and Evolution o estudo relatou detalhes da descoberta.

Deixar um comentário