23/10/2020 09h44 - Atualizado em 23/10/2020 10h10

Mega atualização do WhatsApp vai liberar vários recursos ainda em 2020

Saiba o que vai mudar no seu WhatsApp, segundo comunicado divulgado pela plataforma
Por: Gil Martins/Acústica FM - Foto: Ilustração/Pixabay
Mega atualização do WhatsApp vai liberar vários recursos ainda em 2020

Um anuncio realizado pelo WhatsApp nesta quinta-feira (22), encheu de expectativa os usuários da plataforma. Segundo o comunicado, diversos recursos deverão ser disponibilizados aos usuários iOS e Android, ainda em 2020.

- Receba outras informações no seu WhatsApp clicando aqui

“Ainda há muitos outros serviços que precisamos desenvolver”, diz um trecho do comunicado divulgado ontem. Acompanhe abaixo, algumas da novidades que os desenvolvedores estão preparando para breve:

- Compras: vamos expandir as maneiras como as pessoas podem conferir os produtos disponíveis e finalizar compras diretamente nas conversas. Também queremos facilitar a integração desses recursos às soluções de venda e de atendimento ao cliente que as empresas já utilizam. Essa ação ajudará as pequenas empresas que foram mais afetadas neste momento.

- Serviços de hospedagem do Facebook: empresas têm necessidades tecnológicas diversas e buscam opções variadas ao contratarem uma outra empresa para hospedar e gerenciar seus serviços de atendimento ao cliente, especialmente com o aumento do trabalho remoto. Por essa razão, durante os próximos meses, planejamos expandir nossas parcerias com fornecedores de soluções para empresas, com os quais já trabalhamos nos últimos dois anos. Também forneceremos uma nova opção para que as empresas possam gerenciar as mensagens no WhatsApp por meio de serviços de hospedagem que serão oferecidos pelo Facebook. Com essas opções, pequenas e médias empresas poderão iniciar seus negócios, vender produtos, gerenciar estoques e responder rapidamente às mensagens recebidas onde quer que seus funcionários estejam.

- Serviços pagos para empresas: para que o WhatsApp também continue a crescer como empresa, passaremos a cobrar por alguns dos serviços que oferecemos a nossos clientes comerciais. No entanto, continuaremos a oferecer e a ampliar nossos serviços gratuitos de mensagens e ligações de voz e de vídeo, que são protegidos com a criptografia de ponta a ponta, para mais de 2 bilhões de pessoas.

“Sabemos que a maioria das pessoas usa o WhatsApp para essencialmente se comunicar com amigos e familiares, por isso continuaremos desenvolvendo novos recursos e protegendo a privacidade das conversas individuais”, diz o comunicado.

Deixar um comentário