20/10/2020 08h25 - Atualizado em 20/10/2020 08h25

Polícia Civil identifica e prende suspeito de estuprar mulheres durante roubos

Criminoso, que já havia sido preso por estupro, voltou a agir e acabou sendo preso
Por: Polícia Civil - Foto: Divulgação/Policia Civil
Polícia Civil identifica e prende suspeito de estuprar mulheres durante roubos

O indivíduo, preso preventivamente no final da tarde da sexta-feira (16), é suspeito da prática de roubos com estupros ocorridos nos dois últimos anos em Porto Alegre. O suspeito agia de duas formas: na primeira, os alvos eram estabelecimentos comerciais, como lojas, mercados e salões de beleza, com mulheres sozinhas. O suspeito também agia na rua, arrebatando mulheres e ameaçado-as com facas.

- Receba outras informações no seu WhatsApp clicando aqui

Posteriormente, o homem usava lacres plásticos para imobilizar as vítimas. Dessa forma, cometia o estupro, roubando celulares e notebooks.

Após a prisão, nove vítimas realizaram o reconhecimento pessoal ainda na noite da sexta-feira, identificando o suspeito como o autor dos crimes. O suspeito já havia sido preso em 2003, por um caso de estupro durante um roubo em Viamão.

Em atendimento à imprensa na tarde desta segunda-feira (19), a Diretora do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), Delegada Adriana Regina da Costa, destacou a importância do serviço de inteligência do DPM nas investigações. “foram dois meses de trabalho de inteligência, fundamentais para a identificação e a prisão do suspeito”, pontuou Adriana.

Os inquéritos policiais serão concluídos pelas 6ª e 13ª Delegacias de Polícia da Capital. A investigação contou, ainda, com o apoio do Instituto Geral de Pericias (IGP), por meio da análise de material genético colhido em três casos consumados de estupro.

Deixar um comentário