16/10/2020 08h32 - Atualizado em 16/10/2020 08h40

Operação desarticula esquema ilegal de gasolina em Canoas

Grupo criminoso desviava combustível da refinaria e vendia pela metade do preço
Por: Polícia Civil - Foto: Divulgação/Policia Civil
Operação desarticula esquema ilegal de gasolina em Canoas

Na manhã desta quinta-feira (15), a Polícia Civil deflagrou a Operação Clandestinos que investiga esquema criminoso de combustíveis na região metropolitana. Na ação, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão para coibir o furto e a receptação de combustível. Nesses locais, galpões em grande terrenos, eram realizadas as vendas.

- Receba outras informações no seu WhatsApp clicando aqui

Após dois meses de investigações, a equipe de policiais identificou o "modus operandi" do grupo criminoso, que desviava o combustível da refinaria, armazenava e posteriormente vendia para consumidores da região com preço inferior a 50% do preço de mercado em postos credenciados. A organização conta com um esquema dividido em tarefas e atribuições. Estima-se que até 84 mil litros poderiam circular pelo esquema.

Esse tipo de crime afeta a coletividade. Afeta em geral todos os comerciantes que vendem combustível de forma lícita. Além das pessoas que manuseiam o material de forma ilegal sem as proteções e quem usa o combustível. Pelo menos quatro pessoas são investigadas. A ação contou com a participação de 30 policiais civis da região, em locais diversos, bem fechados e monitorados por câmeras de vigilância, todos no bairro Mathias Velho, em Canoas.

Deixar um comentário