18/09/2020 10h30 - Atualizado em 18/09/2020 14h33

Escolas privadas retornam aulas presenciais em Camaquã

Pais que não tem com quem deixar as crianças contam com a opção no município
Por: Valesca Luz / Acústica FM - Foto: Valesca Luz / Acústica FM
Escolas privadas retornam aulas presenciais em Camaquã

Após quase seis meses sem aula, três escolas privadas possuem autorização para retomar as atividades presencias em Camaquã. As aulas iniciaram nesta semana no município, conforme autorização do Centro de Operações Emergenciais, o COE municipal. A reportagem da emissora esteve em instituições na tarde desta quinta-feira (17) que observou o retorno gradual dos alunos, conversou com pais que não quiseram gravar entrevista, mas estão felizes com a retomada, já que muitos não tem com quem deixar os filhos.

Em contato com o secretário municipal de educação, Nelson Geiger Filho, são oito escolas privadas em Camaquã, três delas estão aptas a trabalhar, dentro dos planos de contingenciamentos exigidos em portaria. As crianças recebem medição da temperatura, contam com tapete sanitizante e professores possuem equipamentos de proteção individual.

Tanto a entrada quanto a saída dos estudantes nas escolas são realizadas de forma escalonada para segurança deles. Uma das instituições irá proporcionar transmissão das aulas de maneira remota simultânea com a presencial, para os alunos que desejarem permanecer em casa. As idades variam de 3 a 6 anos para a educação infantil.

Já as aulas da rede municipal de ensino neste ano estão suspensas, conforme anunciou o secretário, os alunos estão recebendo conteúdo de forma online. Para Geiger Filho, cerca de 95% dos estudantes têm dado um retorno positivo às tarefas emitidas pelas escolas da rede municipal.

Deixar um comentário