14/08/2020 16h40 - Atualizado em 14/08/2020 16h52

“Retorno das aulas deve ser analisado com sabedoria”, diz professora camaquense

Ana Paula Castilho Nogueira questionou segurança a saúde em Camaquã
Por: Valesca Luz / Acústica FM - Foto: Divulgação / Arquivo pessoal
“Retorno das aulas deve ser analisado com sabedoria”, diz professora camaquense

O retorno das aulas presenciais está sendo debatido entre o governo do Estado, Famurs e entidades educacionais nesta semana. A professora, Ana Paula Castilho Nogueira, da Escola José Antônio Netto, apontou estar em dúvida em relação a forma de como as aulas poderiam retornar neste ano. A entrevista foi ao ar durante o programa, Primeira Hora, na manhã desta sexta-feira (14).

A educadora acredita que as aulas presencias são efetivas, mas neste momento é necessário oferecer segurança para todos os alunos. Ainda é incerto quais estudantes irão para a instituição e quais ficarão em casa: “é uma série de coisas que precisam ser analisadas com calma e sabedoria”, destaca.

Mesmo com a pandemia, as turmas estão recebendo materiais para estudar remotamente, desenvolvido pelos professores: “A cada dia uma nova atividade é criada para conforto do aluno”. Segundo o governador, Eduardo Leite, aulas da Educação Infantil seriam alternativa para pais deixarem filhos em locais seguros.

Leia também: Eduardo Leite prega cautela sobre retorno das aulas no Rio Grande do Sul ou RS encaminha projeto para antecipar repasses ao transporte escolar.

Confira a entrevista completa:

Deixar um comentário