31/07/2020 16h22 - Atualizado em 31/07/2020 16h22

Dez mortes: Relembre as vítimas fatais do coronavírus em Camaquã

Primeiro óbito em decorrência da covid-19 ocorreu no dia 31 de maio
Por: Kevin Oswaldt / Acústica FM Foto: Rovena Rosa / Arquivo / Agência Brasil
Dez mortes: Relembre as vítimas fatais do coronavírus em Camaquã

Camaquã chegou a dez mortes em decorrência de coronavírus. O primeiro óbito ocorreu no dia 31 de maio e o mais recente foi registrado pela Secretaria Estadual da Saúde nesta sexta-feira (31).

Relembre todos os casos:

A primeira morte por coronavírus em Camaquã ocorreu no dia 31 de maio. A vítima foi um homem, de 49 anos, que já tinha comorbidades, ou seja, outras doenças pré-existentes.

A segunda morte pela covid-19 ocorreu no dia 15 de junho. O homem, de 76 anos, estava internado no Hospital Nossa Senhora Aparecida, de Camaquã.

A terceira morte foi de um camaquense de 89 anos, no dia 17 de junho. Ele estava internado que estava internado em um hospital de alta complexidade de Rio Grande.

A quarta morte foi de uma mulher, de 67 anos, no dia 26 de junho. A paciente estava internada no Instituto do Coração, onde realizava tratamento para uma doença cardiológica.

A quinta morte foi de um homem paraplégico, no dia 6 de julho. O paciente morreu logo após dar entrada no Hospital Nossa Senhora Aparecida.

A sexta morte foi de um homem, de 75 anos de idade, no dia 9 de julho. O paciente estava em tratamento oncológico, já que lutava contra um câncer de esôfago.

A sétima morte foi de uma mulher, de 41 anos, no dia 10 de julho. A paciente apresentava quadro de tuberculose e estava debilitada.

A oitava morte foi de uma mulher, de 65 anos, no dia 23 de julho. O paciente tinha histórico de doenças pulmonares.

A nona morte foi de um homem, de 73 anos, no dia 29 de julho. O paciente apresentou um quadro de dispneia (dificuldade de respiração) e fraqueza.

A décima morte foi de uma mulher, de 48 anos, registrada no dia 31 de julho.

Deixar um comentário