25/07/2020 18h14 - Atualizado em 25/07/2020 18h16

Colecionadores de veículos pedem apoio para manter isenção de IPVA

Rio Grande do Sul é um dos estados com maior número de clubes de colecionadores do país
Por: Maicon Bock - Foto: Arquivo/Acústica FM
Colecionadores de veículos pedem apoio para manter isenção de IPVA

Colecionadores pediram apoio ao presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo (PP), nesta sexta-feira (24), para que os veículos de coleção continuem isentos de pagamento de IPVA. É que a proposta de reforma tributária que será protocolada em agosto pelo governo do Estado, prevê a diminuição da faixa de isenção do imposto. O objetivo é que apenas os veículos com mais de 40 anos fiquem livres do pagamento, e não mais a partir dos 20 anos como é atualmente.

O diretor regional da Federação Brasileira de Veículos Antigos, Antônio Fontoura, informou que o Rio Grande do Sul tem apenas 3.308 veículos classificados como de coleção junto ao Detran (Departamento Estadual de Trânsito). São carros com mais de 30 anos que mantêm mais de 80% dos itens originais, especialmente pintura, rodas e bancos.

A entidade reivindica que esses veículos antigos não passem a ser taxados. “Os colecionadores mantêm um patrimônio histórico. Até a Unesco reconhece os carros antigos dessa forma. Além disso, dentro de uma frota com 7 milhões de veículos no Estado, os carros antigos representam apenas 0,0005% do total. O impacto na arrecadação seria muito pequeno”, argumentou.

Polo informou que encaminharia o pleito ao governador Eduardo Leite (PSDB) para avaliação. O Rio Grande do Sul tem 35 dos 208 clubes de colecionadores de veículos antigos do país. É o segundo Estado com mais sedes, atrás apenas de São Paulo.

Deixar um comentário