20/07/2020 17h59 - Atualizado em 21/07/2020 08h24

Camaquã tem recurso negado e segue com comércio fechado

Município continua com bandeira vermelha no Distanciamento Controlado
Por: Kevin Oswaldt / Acústica FM Foto: Rodrigo Vicente / Acústica FM
Camaquã tem recurso negado e segue com comércio fechado

A prefeitura de Camaquã tentou recorrer da bandeira vermelha, mas o recurso acabou não sendo aceito pelo governo do Estado. De acordo com o procurador Fabiano Ribeiro, em pronunciamento realizado na tarde desta segunda-feira (20), o município tentou se utilizar da Regra 0-0, que permite que os municípios que não tiveram óbitos nem internações nos últimos 14 dias adotem critérios da bandeira laranja.

No entanto, o procurador admitiu que o recurso esbarra no número de internações, já que Camaquã teria tido sete internações dentro deste período. A argumentação do município se deteve na brevidade das internações, que não representavam risco de óbitos para os pacientes. No entanto, o recurso não foi aceito.

O município agora aguarda o cumprimento de uma informação concedida pelo governador Eduardo Leite, em pronunciamento na tarde desta segunda-feira. O chefe do executivo anunciou que nos próximos dias deve entrar em contato com a Famurs e com representantes das associações dos municípios. O objetivo das reuniões será estudar possibilidades de flexibilização do modelo de Distanciamento Controlado, a fim de evitar maiores prejuízos no comércio local.

Deixar um comentário