09/07/2020 15h49 - Atualizado em 09/07/2020 15h52

Presidente do Sindilojas critica projeto que prevê multas para empresários em Camaquã

Otávio Morais declarou que classe empresarial já está sendo muito penalizada na pandemia
Por: Kevin Oswaldt / Acústica FM Foto: Iury Rodrigues / Acústica FM
Presidente do Sindilojas critica projeto que prevê multas para empresários em Camaquã

O presidente do Sindolojas Costa Doce, Otávio Morais, concedeu uma entrevista ao programa Primeira Hora, na manhã desta quinta-feira (9). Na oportunidade, o gestor criticou o Projeto de Lei nº 40 de 2020, que dispõe obrigatoriedade do uso de máscara em Camaquã, instituindo penalidades para pedestres e empresas.

Na entrevista, Morais defende ações educativas no combate à pandemia, evidenciando que a classe empresarial já foi muito penalizada na pandemia. Além disso, o presidente do Sindilojas ainda argumentou que as multas são muito altas, ao declarar que empresas que vierem a cair em reincidência, pagando multas de R$ 50 mil R$ 75 mil, não terão condições de reabrir as portas: “Acho que esse não é o objetivo do setor público”, declarou.

Confira a entrevista na íntegra:

Deixar um comentário