09/07/2020 10h25 - Atualizado em 09/07/2020 10h25

Comitê Gaúcho da ONU Mulheres lança Campanha Máscara Roxa na zona Sul

A campanha foi motivada pelo aumento de casos de feminicídios no estado durante o período de isolamento
Por: Catiana de Medeiros - Foto: Leandro Molina / Divulgação
Comitê Gaúcho da ONU Mulheres lança Campanha Máscara Roxa na zona Sul

O Comitê Gaúcho ElesPorElas, da ONU Mulheres, realiza nesta quinta-feira (09/07) mais um lançamento regional da Campanha Máscara Roxa, que possibilita às mulheres fazerem denúncias de violência doméstica em farmácias. Desta vez, serão contempladas as 39 cidades gaúchas que fazem parte das associações dos municípios da Costa Doce (Acostadoce), da Região da Campanha (Assudoeste) e da Zona Sul (Azonasul).

O lançamento será virtual, às 10h30, em uma plataforma de videochamada para reuniões. Além do deputado estadual Edegar Pretto, que coordena o Comitê Gaúcho ElesPorElas, participam representantes de órgãos de segurança, governo do Estado, Poder Judiciário e movimentos de mulheres que ajudaram a construir a campanha. Ainda foram convidados proprietários de farmácias, lideranças locais e representações de instituições e da sociedade. A imprensa também poderá participar do evento e terá espaço para perguntas ao final.

Como funciona a campanha

Lançada no dia 10 de junho no RS, a Campanha Máscara Roxa permite que mulheres vítimas de violência doméstica façam denúncias em farmácias. Ela começou com 600 farmácias, e já são 1.314 unidades de quatro redes envolvidas. De abrangência da Acostadoce, sete dos 11 municípios possuem estabelecimentos participantes. Na região da Azonasul, nove dos 21; e na Assudoeste, três dos sete. Até o momento, farmácias de oito municípios gaúchos já receberam denúncias, em Venâncio Aires, Bento Gonçalves, Casca, Pinhal, Capão da Canoa, Vitória das Missões, Rio Grande e Porto Alegre.

Todas as farmácias com adesão estão com o selo “Farmácia Amiga das Mulheres”, que serve para que as vítimas as identifiquem. Os atendentes receberam capacitação online para o procedimento e para garantir a segurança da vítima. Ao chegar na farmácia a mulher deve pedir a máscara roxa, que é a senha para que o atendente saiba que se trata de um pedido de ajuda. O profissional dirá que o produto está em falta e pegará alguns dados para avisá-la quando chegar. Após, o atendente da farmácia passará à Polícia Civil as informações coletadas, via WhatsApp, para que o órgão tome as medidas necessárias.

Edegar Pretto, coordenador do Comitê Gaúcho e da campanha, lembra que qualquer farmácia pode aderir. Segundo ele, o objetivo é envolver também aquelas que não fazem parte de grandes redes, mas que estão em cidades menores. Interessados devem entrar em contato com o Comitê: 51 991993641 | [email protected]

A campanha foi motivada pelo aumento de casos de feminicídios no estado durante o período de isolamento, decorrente da pandemia do coronavírus. Ao todo, 28 mulheres foram assassinadas por questões de gênero nos meses de março, abril e maio, conforme dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Somente em abril, o aumento foi de 66,7% em relação ao mesmo mês do ano passado. Ao todo, desde o início do ano, 43 mulheres morreram vítimas de feminicídio no estado.

Outros lançamentos regionais

Conforme o Comitê Gaúcho da ONU Mulheres, até o final de julho serão feitos outros lançamentos regionais da Campanha Máscara Roxa, contemplando também as regiões Fronteira Oeste, Planalto Médio, Litoral Norte, Serra, Carbonífera e Metropolitana de Porto Alegre. Na semana passada, os lançamentos virtuais foram nas regiões Norte e Centro, abrangendo ao todo 76 cidades. Na última terça-feira (7) ocorreu na região Celeiro, que possui 21 municípios.

Municípios que possuem Farmácias Amigas das Mulheres na região da Azonasul

- Arroio do Padre (Rede Vida)

- Arroio Grande (Farmácias Associadas)

- Canguçu (Vida Farmácias)

- Pelotas (Farmácias Associadas / Vida Farmácias, da Rede Vida / Uso Indicado / Farmácia de Manipulação Vida Nova)

- Piratini (Farmácias Associadas)

- Rio Grande (Farmácias Associadas / Vida Farmácias, da Rede Vida)

- Santa Vitória do Palmar (Farmácias Associadas)

- Santana da Boa Vista (Farmácias Associadas)

- São Lourenço do Sul (Farmácias Associadas)

Municípios que possuem Farmácias Amigas das Mulheres na região da Acostadoce

- Arambaré (Farmácias Associadas)

- Camaquã (Farmácias Associadas)

- Cerro Grande Do Sul (Farmácias Associadas)

- Cristal (Farmácias Associadas)

- Dom Feliciano (Farmácias Associadas)

- Sentinela Do Sul (Farmácias Associadas)

- Tapes (Farmácias Associadas)

Municípios que possuem Farmácias Amigas das Mulheres na região da Assudoeste

- Bagé (Farmácia Associadas / Farmácia Sant’ana, da Rede Vida / Farmácia da Estação, da Rede Vida / Farmácia Alves / Medicare Farmácias)

- Caçapava do Sul (Nicola Farmácias)

- Lavras do Sul (Nicola Farmácias)

Deixar um comentário