02/07/2020 11h47 - Atualizado em 02/07/2020 11h47

Dark: a melhor série de ficção científica sobre espaço-tempo da atualidade da Netflix

No futuro, produção será considerada um clássico e um marco do gênero
Por: Daniel Larusso - Foto: Divulgação
Dark: a melhor série de ficção científica sobre espaço-tempo da atualidade da Netflix

Início, meio e fim. Uma série de ficção científica que não tem isso, não é uma produção boa. Mas Dark, em três temporadas, consegue respectivamente, cumprir esse objetivo de forma única, original, brilhante, apta à realidade, devidamente fantasiosa e inteligentemente relacionada aos conceitos de física e química que conhecemos no mundo real.

Dark é uma série alemã de drama, suspense e ficção científica criada por Baran bo Odar e Jantje Friese e distribuída pela Netflix. Seu primeiro episódio foi ao ar em 1 de dezembro de 2017. Seu final, foi lançado no dia 27 de junho de 2020.

A trama narra o desaparecimento recente de crianças na pequena cidade alemã de Winden. Fato que também ocorreu há 33 anos e 66 anos na cidade. Isso coloca quatro famílias no centro de uma teia de mistérios envolvendo uma misteriosa caverna, uma usina nuclear suspeita e um estranho homem recém-chegado em Winden.

Atuações, fotografia, enredo, figurino e direção? Esqueça tudo isso! Todos esses detalhes são incrivelmente bem feitos em Dark. Mas o que você vai precisar na série, é entender (ou pelo menos tentar) a linha do tempo, os universos alternativos e as teorias físicas. Dark possui três anos bases, que são: 1953, 1986 e 2019. A série transita entre o tempo, então, fique atento.

Outro ponto importante: esqueça o que você entende de linha do tempo com De Volta ao Futuro, pois, em Dark, os efeitos do passado não necessariamente influenciam o futuro. Na verdade, cada universo tem uma linha temporal fechada (então, o passado não afeta o futuro), assim, existem diversas dimensões dos mesmos universos - e, em cada uma, há eventos levemente diferentes.

Confira trailer:

Deixar um comentário