29/06/2020 16h21 - Atualizado em 29/06/2020 17h14

Ciclone extratropical trará ventos de mais de 80 km/h a Camaquã

Alerta é realizado por Centro de Pesquisas e Previsões Meteorológicas da UFPel
Por: Kevin Oswaldt / Acústica FM Foto: Arquivo / Acústica FM
Ciclone extratropical trará ventos de mais de 80 km/h a Camaquã

A formação de um ciclone extratropical sobre o oceano Atlântico, na costa do Rio Grande do Sul, provocará rajadas de ventos muito fortes, próximas de 100 km/h, na madrugada e na manhã da próxima quarta-feira (1º). O fenômeno natural deve atingir a região de Camaquã, de acordo com Centro de Pesquisas e Previsões Meteorológicas da Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

O estudo tem o apoio de alunos e professores de graduação e pós-graduação da Faculdade de Meteorologia da UFPel. As previsões estão em um boletim especial, feito em função da pandemia de Covid-19. O boletim traz sempre previsão para a semana, tendência para o mês e o prognóstico climático da estação do ano. Ele é atualizado uma vez por semana, às segundas-feiras.

Confira a previsão de comportamento do ciclone extratropical em cidades do RS:

Rajadas maiores que 100 km/h: Na noite de terça-feira, dia 30/06, os ventos se intensificarão na zona sul litoral do Rio Grande do Sul. Na quarta-feira, primeiro dia de julho, durante a madrugada e ao longo do dia, rajadas intensas de vento pode ultrapassar valores de 100 km/h nas regiões de Rio Grande, Cassino, Capilha, Santa Vitória do Palmar, Chuí e São José do Norte.

Rajadas maiores que 80 km/h: Nas áreas de Pelotas, Jaguarão, Porto Alegre, São Lourenço do Sul, Camaquã, Tramandaí e Torres as previsões de modelos numéricos indicam rajadas acima de 80 km/h ou até acima de 90 km/h.

Nas demais regiões rajadas serão registradas entre 60 e 80 km/h.

* Com informação da assessoria de imprensa da UFPel.

Deixar um comentário