15/05/2020 10h58 - Atualizado em 15/05/2020 10h58

Reunião na câmara debate suspensão de contratos de professores

Devido ao vínculo com a Prefeitura, profissionais que estão sem receber salários não tiveram acesso ao Auxílio Emergencial do Governo Federal
Por: Mayara Farias / Ascom Câmara de Vereadores de Camaquã Fotos: Mayara Farias
Reunião na câmara debate suspensão de contratos de professores

Na tarde desta quinta-feira (14) a Comissão de Educação, Cultura, Turismo e Desporto, Ciência e Tecnologia da Câmara de Vereadores de Camaquã esteve reunida com o secretário da Educação, Nelson Egon Geiger Filho e com a secretária da Administração, Cristiane Cunha. O encontro ocorreu no plenário do Legislativo e contou com a presença de Carla Simone Blaskowski, presidente do Sindicato dos Municipários de Camaquã (SIMUCA), Rodrigo Barbosa Soares, presidente do Conselho do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), Letiane Nobre, presidente do Conselho Municipal de Educação de Camaquã (CMEC), Fabiano Ribeiro procurador chefe do Município, vereadores, assessores e servidores do Legislativo.

Em razão da pandemia, as aulas foram suspensas e com isso, houve a suspensão dos contratos dos professores. Ao todo, são 46 profissionais que atendem 894 alunos da Rede Municipal de Educação que tiveram seus contratos suspensos. Devido ao vínculo com o Executivo, os professores não tiveram acesso ao Auxílio Emergencial do Governo Federal, ou seja, estão sem receber salário e não podem receber o benefício. “Essa situação é muito preocupante, pois estes profissionais estão desamparados. Eles não querem receber parados, eles querem atender seus alunos, assim como os demais professores já estão fazendo”, avalia o presidente da comissão, vereador Prof. Claiton Silva.

Entre as questões analisadas pela comissão, estão os alunos que deixarão de ser atendidos por esses professores. “Precisamos saber o que será feito pela Secretaria da Educação para que esses alunos não fiquem desassistidos, todos eles têm direito a mesma qualidade no atendimento educacional”, comenta Silva.

Ainda na reunião, a representante do CMEC apresentou um ofício que foi encaminhado ao secretário da Educação no último dia 11. No documento, a entidade ressalta questões ligadas ao processo pedagógico com a retomada das aulas, bem como a necessidade de a Secretaria da Educação observar a Legislação e preservar a equidade no ensino. O documento traz ainda recomendações quanto aos contratos temporários: “cuidar a manutenção desses contratos, pensando na elaboração das atividades não presenciais, no retorno das aulas presenciais e na recuperação de carga horária”.

No encontro, os aspectos financeiros, pedagógicos e administrativos foram abordados e diversas sugestões foram dadas aos representantes do Executivo. O secretário da Educação afirmou que na próxima sexta-feira (22) irá informar a comissão sobre as medidas que serão adotadas pelo Poder Público Municipal.

A comissão é formada pelo presidente Professor Claiton Silva (PDT), vice-presidente Ronaldinho Renocar (Progressistas) e secretário Marco Longaray (PT). A gravação da reunião pode ser conferida através do Facebook do Legislativo:

https://www.facebook.com/camaracamaqua/videos/239208360846079/?epa=SEARCH_BOX

Reunião na câmara debate suspensão de contratos de professores
Reunião na câmara debate suspensão de contratos de professores
Reunião na câmara debate suspensão de contratos de professores

Deixar um comentário