25/04/2020 08h53 - Atualizado em 25/04/2020 08h59

Osirnet doa meia tonelada de alimentos no lançamento da Campanha “Solidariedade Conectada”

Objetivo do projeto é ajudar famílias carentes afetadas pela pandemia do coronavírus
Por: Valesca Luz / Acústica FM - Foto: Divulgação
Osirnet doa meia tonelada de alimentos no lançamento da Campanha “Solidariedade Conectada”

A Osirnet provedora de internet lança a campanha “Solidariedade Conectada” em meio a pandemia do coronavírus. A empresa com mais de 15 anos de atuação, doou meia tonelada de alimentos ao projeto social de Pelotas, “Corrente BeijaFlor”.

O objetivo da campanha é arrecadar duas toneladas de alimentos e destinará 5% total das taxas de ativações do mês abril, para compra de mantimentos que serão doados em Pelotas e municípios da região atendidos pela empresa. As sedes também se tornaram pontos de arrecadação desses materiais que podem ser doados pelos clientes.

No mês de maio, a campanha destinará kits a Camaquã, São Lourenço do Sul e Cristal. A pandemia do coronavírus provocou mudanças repentinas no cotidiano de muitas famílias, pensando neste efeito, a campanha foi criada com objetivo de ajudar o próximo: “Sem trabalhar normalmente, o sustento de muitas famílias acaba afetado”. São 14 municípios da região sul do Estado que correspondem a área de abrangência da empresa provedora de internet.

Os alimentos serão divididos proporcionalmente com nossa base de clientes em cada cidade. A Osirnet chegou oficialmente em Camaquã no dia 15 de agosto de 2019. A empresa adquiriu um prédio no final do ano passado, no centro do município localizada na Rua Manoel da Silva Pacheco, 820, próximo ao Estádio Coronel Silvio Luiz, do Guarany de Camaquã. A empresa oferece pacotes de internet com velocidade de até 300 MB, através de fibra óptica.

Corrente Beija-flor

A Corrente Beija-flor nasceu da certeza de que as famílias que vivem na periferia de Pelotas precisam de ações imediatas para suprir suas necessidades em função da pandemia do covid-19.

A força-tarefa é formada pela ONG Anjos e Querubins (Pestano e Getúlio Vargas), o projeto Jovem Atleta (Getúlio Vargas) e a Escola de Samba Mirim do Mickey (Navegantes), e conta com o apoio de profissionais de diferentes segmentos na distribuição de tarefas. Foram destinados 250 kg de arroz + 250 kg de feijão a entidade.

Deixar um comentário