10/02/2020 08h30 - Atualizado em 10/02/2020 14h40

Homem mata ex-mulher e comete suicídio em Dom Feliciano

Mulher foi morta com uma facada no pescoço na manhã deste domingo
Por: Gil Martins/Acústica FM - Foto: Ilustração/Divulgação
Homem mata ex-mulher e comete suicídio em Dom Feliciano

Mais uma tragédia envolvendo mulheres movimentou a região. Neste final de semana, um homem matou a ex-companheira e depois cometeu suicídio no interior de Dom Feliciano.

O fato aconteceu na manhã deste domingo, na localidade de Zona dos Lopes, por volta das 06h30. O filho do casal, ao chegar de um baile, encontrou a cena trágica na casa onde morava com os pais.

Ele encontrou a mãe caída no chão, no terreno, próximo a porta de entrada da casa, com bastante sangue em volta e embaixo do corpo. Assustado, ele chamou por um familiar que reside próximo ao local.

Ao se aproximarem, perceberam que a mulher estava morta, com sinal de facada no pescoço. Em ato contínuo, o familiar entrou na residência e avistou o pai do comunicante, que havia cometido suicídio. Na mesa da cozinha, estava uma faca suja de sangue.

A Brigada Militar foi chamada e se dirigiu ao local e isolou a área. Foi acionada a perícia criminalística de Pelotas, que após execução dos trabalhos, providenciou a remoção dos corpos.

Em depoimento, o filho do casal disse que seus pais haviam se separado acerca de dois meses, e que sua mãe estava residindo na cidade Gravataí. Após a separação, seu pai entrou em depressão, ficava isolado, quieto, não querendo conversar com ninguém, e as vezes ligava para sua mãe, pedindo para que a mesma voltasse pra casa, porém ela não queria.

A mãe do rapaz veio de Gravataí no 01 de fevereiro, para visitar seu ex-marido e ver como ele estava, pernoitando em sua residência até este domingo, quando acabou sendo encontrada morta. Nesse período que estavam juntos, o filho do casal não presenciou nenhuma briga do casal.

Ainda durante depoimento, o filho disse que ouviu seu pai falar diversas vezes que iria se matar, mas nunca ouviu ele falar que iria matar sua mãe. Salientou também, que seu pai nunca aceitou a separação.

Deixar um comentário