25/03/2013 07h58 - Atualizado em 25/03/2013 08h40

Guarany de Camaquã sofre derrota em casa

Por: Ascom/Guarany-FC/portalPH
Guarany de Camaquã sofre derrota em casa
Na manhã deste domingo, o Guarany recebeu no estádio Cel. Silvio Luis o Avenida de Santa Cruz. Em um jogo muito tumultuado, onde quem apareceu mais na partida foram os cartões aplicados pelo árbitro, sendo que o principal prejudicado foi a equipe da casa, com dois cartões vermelhos, resultando na derrota pelo placar de 2 a 0 para os visitantes.
 
O primeiro tempo foi muito truncado, com poucas chances de gol para ambas as equipes, deixando o placar intacto no 0 a 0.
 
Já no segundo tempo foi onde tudo aconteceu. O téc. Lico Freitas já fez sua primeira alteração nos vestiários, colocou Rafael Paraíba no lugar de Flaviano.
 
Logo nos primeiros minutos, Índio fez falta na meia-cancha e com a pressão dos atletas do Avenida em cima do árbitro, ele acabou expulsando o camisa 7 do Guarany.
 
A equipe de Santa Cruz aproveitou que estava com um homem a mais em campo, foi pra cima do Bugre. Nunes chutou forte de fora da área e com desvio na defesa, enganou o goleiro Rafael e a bola acabou entrando no canto esquerdo, abrindo o placar no estádio Cel. Silvio Luis.
 
Depois disso, o Guarany foi pra cima, criou várias oportunidades, mas o goleiro Vanderlei do Avenida estava inspirado, fez grandes defesas, algumas quase impossíveis e acabou salvando sua equipe de levar o gol de empate.
 
Ainda na segunda etapa, entraram Luis Brito (Baiano) no lugar de Kairo e Jéferson Prill no lugar de esquerdinha.
 
Em uma confusão iniciada por Danilo Martins do Avenida, que agrediu Baiano, o árbitro resolveu expulsar os dois jogadores, prejudicando ainda mais o Guarany.
 
Mesmo com 9 homens em campo, o Bugre era mais ofensivo, mas não conseguiu marcar e acabou sofrendo sua segunda derrota na competição.
 
O próximo jogo é diante a equipe do Panambi, novamente em casa, no domingo de páscoa, dia 31 de março.

Na manhã deste domingo, o Guarany recebeu no estádio Cel. Silvio Luis o Avenida de Santa Cruz. Em um jogo muito tumultuado, onde quem apareceu mais na partida foram os cartões aplicados pelo árbitro, sendo que o principal prejudicado foi a equipe da casa, com dois cartões vermelhos, resultando na derrota pelo placar de 2 a 0 para os visitantes. 

O primeiro tempo foi muito truncado, com poucas chances de gol para ambas as equipes, deixando o placar intacto no 0 a 0. 

Já no segundo tempo foi onde tudo aconteceu. O téc. Lico Freitas já fez sua primeira alteração nos vestiários, colocou Rafael Paraíba no lugar de Flaviano. 
Logo nos primeiros minutos, Índio fez falta na meia-cancha e com a pressão dos atletas do Avenida em cima do árbitro, ele acabou expulsando o camisa 7 do Guarany. 

A equipe de Santa Cruz aproveitou que estava com um homem a mais em campo, foi pra cima do Bugre. Nunes chutou forte de fora da área e com desvio na defesa, enganou o goleiro Rafael e a bola acabou entrando no canto esquerdo, abrindo o placar no estádio Cel. Silvio Luis. 

Depois disso, o Guarany foi pra cima, criou várias oportunidades, mas o goleiro Vanderlei do Avenida estava inspirado, fez grandes defesas, algumas quase impossíveis e acabou salvando sua equipe de levar o gol de empate. 
Ainda na segunda etapa, entraram Luis Brito (Baiano) no lugar de Kairo e Jéferson Prill no lugar de esquerdinha. 

Em uma confusão iniciada por Danilo Martins do Avenida, que agrediu Baiano, o árbitro resolveu expulsar os dois jogadores, prejudicando ainda mais o Guarany. 

Mesmo com 9 homens em campo, o Bugre era mais ofensivo, mas não conseguiu marcar e acabou sofrendo sua segunda derrota na competição. 
O próximo jogo é diante a equipe do Panambi, novamente em casa, no domingo de páscoa, dia 31 de março.

Serviço de jogo:

Guarany: Rafael Rocci, Alex Pereira, Gustavo, Alan e Douglas Silva; Léo Paz, Índio, Júnior e Kairo (Luis Brito – Baiano); Flaviano (Rafael Paraiba) e Esquerdinha (Jéferson Prill). Téc. Lico Freitas.

Avenida: Vanderlei, Deivid (Bradock), Daniel Moreira, Nunes e Marciel; Carlos Alberto, Lucas Podadeiro (Fabinho), Luis André e William Fabro; Danilo Martins e Pierre (Fábio Pinho). Téc. Hélio Vieira.

Arbitragem:

Árbitro: Marcelo Cavalheiro Pereira

Auxiliar 1: Lucas Both

Auxiliar 2: Marco Aurélio N. Magalhães

Delegado: Jéferson Bueno Blumberg

Cartões Amarelos:

Guarany: Douglas Silva e Kairo

Avenida: Luis André, Carlos Alberto e Marciel

Cartões Vermelhos:

Guarany: Índio e Luis Brito (Baiano)

Avenida: Danilo Martins

 

Deixar um comentário