26/11/2019 14h03 - Atualizado em 26/11/2019 14h06

“Criminosos agiram de forma covarde” diz nota da PRF sobre morte de policial militar

Entidades policiais divulgaram nota de pesar sobre a morte de Marciele Renata dos Santos Alves
Por: Gil Martins - Foto: Reprodução/Redes Sociais
“Criminosos agiram de forma covarde” diz nota da PRF sobre morte de policial militar

A Polícia Civil, Brigada Militar e Polícia Rodoviária Federal, divulgaram notas sobre a morte da policial gaúcha, Marciele Renata dos Santos Alves. Marciele foi atropelada por criminosos, durante cerco policial nesta segunda-feira (25).

Marciele, morreu no final da tarde, durante confronto com bandidos na cidade de Sério. Um grupo de criminosos estava em uma Toyota Hilux, quando foi abordado por guarnições. Marciele chegou a ser socorrida, mas acabou não resistindo aos ferimentos.

A Polícia Civil divulgou uma nota de pesar, lamentando a morte:

“A Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul manifesta seu mais profundo pesar pelo falecimento da policial militar Marciele Renata dos Santos Alves.

A soldado Marciele faleceu na tarde desta segunda-feira (25), no Vale do Taquari, durante um confronto da Brigada Militar com um grupo suspeito de roubar carros. Marciele era natural de Cachoeira do Sul e estava na Brigada Militar desde 2012.

A Polícia Civil se solidariza com a dor dos familiares, policiais e amigos, diante desta perda irreparável.

Nadine Tagliari Farias Anflor

Chefe de Polícia”

A Polícia Rodoviária Federal, também divulgou nota sobre o assunto, classificando a morte como um ato de covardia dos criminosos:

Deixar um comentário