22/10/2019 15h49 - Atualizado em 22/10/2019 15h53

Mais de 20 mil camaquenses poderão ter documento cancelado

Prazo final para evitar o cancelamento termina em menos de cinco meses
Por: Gil Martins - Foto: Divulgação
Mais de 20 mil camaquenses poderão ter documento cancelado

Boa parte dos eleitores camaquenses, poderá ter seu título de eleitor cancelado, por não realizarem o cadastramento biométrico dentro do prazo. A informação foi confirmada à reportagem da Acústica, pelo Cartório Eleitoral da cidade.

Até o último dia 15, dos 50 mil eleitores do município, 23.403 ainda precisavam realizar o cadastramento biométrico. Como o local possui apenas cinco guichês de atendimento, boa parte dos que ainda precisam fazer o cadastro, não conseguirão fazer o procedimento até a data estabelecida pela Justiça Eleitoral.

A biometria é uma tecnologia que vem sendo adotada pela Justiça Eleitoral desde 2008, para dar mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. Por isso, alguns cartórios eleitorais estão realizando recadastramento biométrico, para coleta de digitais, assinatura e foto do eleitor. Daí o nome “biometria” - porque serão coletados e armazenados dados físicos do eleitor.

O prazo final para realização do procedimento, é o dia 11 de março de 2020. A preocupação é que se os eleitores não começarem a fazer logo a biometria, não haverá condições técnicas suficientes para atender a demanda, e por isso os eleitores não conseguirão regularizar a situação.

O que acontece com quem não conseguir regularizar a situação?

O cancelamento de título gera a impossibilidade de tirar passaporte, de fazer concurso público, de matrícula em universidade pública, de empréstimo bancário e a impossibilidade de recebimento de benefícios sociais, incluindo o Bolsa Família.

Quem deve fazer o cadastramento biométrico em Camaquã?

A biometria, nada mais é do que a revisão do eleitorado. Todos os eleitores de Camaquã são obrigados a comparecer, inclusive aqueles que têm o voto facultativo (analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos e os maiores de 70 anos).

Como Fazer?

Os documentos necessários são carteira de identidade, número do CPF, comprovante de residência e o título eleitoral, que não é obrigatório, mas ajuda a localizar o cadastro do eleitor.

Deixar um comentário