10/10/2019 15h13 - Atualizado em 10/10/2019 16h12

Camaquense de 11 anos acumula 160 medalhas no Jiu-jitsu

Menino iniciou carreira no esporte em Arambaré com nove anos
Por: Valesca Luz / Acústica FM - Foto: Valesca Luz / Acústica FM
Camaquense de 11 anos acumula 160 medalhas no Jiu-jitsu

No mês das crianças, o Remix desta quinta-feira (10) conta a história do camaquense Murilo Cardoso Neves de apenas 11 anos e colecionador de conquistas no Jiu-jitsu. A entrevista foi realizada durante a ExpoCamaquã desde ano.

Murilo começou a praticar o esporte com nove anos ainda na cidade de Arambaré, com o passar do tempo o professor de Camaquã identificou o talento dele e incentivou a prática do esporte. Atualmente, Murilo é o melhor atleta geral kids de Jiu-jitsu no Rio Grande do Sul, isso ainda no primeiro ano de competição, concorrendo com mais de 300 atletas.

De acordo com o pai dele, Eder Couto, foi necessário adaptar as condições de vida para incentivar o garoto no esporte. Murilo mora com a mãe em Porto Alegre e o pai com os outros dois filhos em Camaquã: “ano passado ele viajava sozinho duas vezes por semana para a capital, mas essa rotina se tornou cansativa”, afirma.

Ao longo da carreira são 160 medalhas desde a última contagem, sem contabilizar troféus e cinturões. Conforme Murilo, o incentivo veio de por meio de um professor de judô: “por ser pequeno eu tinha desvantagens em outros esportes, mas no Jiu-jitsu eu identifiquei que tinha benefícios”, destaca. O camaquense é multicampeão, tendo vencido por 28 vezes seguidas o campeonato gaúcho, além de títulos nacionais e mundiais.

O menino tem uma intensa rotina entre os estudos e treinos, pela manhã ele passa por exercícios físicos na acadêmica, a tarde frequenta o 6º ano da escola e por volta de 18h se desloca para o treino de jiujutsu. Além de todas as conquistas adquiridas no esporte, nos estudos ele procura manter a mesma disciplina: ”na escola estou sendo um dos melhores alunos da turma, se não o melhor”, comemora.

Murilo conseguiu ao longo do tempo diversos patrocinadores na região, no entanto conseguir recursos ainda é um dos grandes problemas no incentivo ao esporte segundo Eder: “manter um atleta sem dúvida, tem um custo elevado, principalmente em razão das competições”, afirma.

Murilo agora tem a oportunidade de disputar sua primeira competição fora do País. O Europeu Kids será realizado na Irlanda, em novembro e em março na Califórnia. Para poder disputar a competição, a família realiza captação de novos patrocinadores e uma rifa com diversas premiações. A rifa está disponível no Sindilojas Camaquã até o dia 23 de novembro. Interessados em ajudar podem entrar em contato através do telefone (51) 9802-30105.

Deixar um comentário