31/08/2019 10h59 - Atualizado em 01/09/2019 10h14

MP interdita Centro de Eventos de Chuvisca e domingueira é cancelada

O produtor Marcio Niewinsk esclareceu o motivo do cancelamento da festa
Por: Valesca Luz / Acústica FM - Foto: Reportagem / Acústica FM
MP interdita Centro de Eventos de Chuvisca e domingueira é cancelada

O Ministério Público do Rio Grande do Sul interditou na tarde desta sexta-feira (30) o Centro de Eventos de Chuvisca causando o cancelamento da domingueira que seria realizada neste domingo (01) no município. A MN produções divulgou uma nota de esclarecimento sobre o cancelamento.

De acordo com a nota, a ordem judicial consiste em "suspender qualquer evento com poluição sonora no centro de eventos do munícipio”. A produtora informa que quem comprou ingressos antecipados, será ressarcido do valor nos pontos de venda adquirido, após apresentar a pulseira. Foram mais de 250 ingressos vendidos.

Conforme entrevista ao programa Esquina Democrática deste sábado (31), o produtor Marcio Niewinsk explicou o cancelamento, “é triste precisar esclarecer a situação, deveria ser um dia feliz”, lamenta. De acordo com ele foi realizado um abaixo assinado no município decorrente a reclamações de poluição sonora. Depois de realizadas as vitorias, o Ministério Público interditou o estabelecimento.

O produtor lamentou o fechamento do local próximo da realização da domingueira, sem a oportunidade de se defender: “um evento não se prepara de um momento para o outro, ficamos no prejuízo”, afirma. Conforme o organizador, a produtora MN foi prejudicada com a situação: “a domingueira é um evento de família”, disse.

MP interdita Centro de Eventos de Chuvisca e domingueira é cancelada

Deixar um comentário