18/07/2019 23h27 - Atualizado em 18/07/2019 23h41

Homem preso durante operação em Cristal é encontrado morto

Marcos Luis Berghann, de 34 anos, teria cometido suicídio na cela da Polícia Federal
Por: Kevin Oswaldt / Acústica FM Foto: Acústica FM
Homem preso durante operação em Cristal é encontrado morto

O homem preso durante a operação da Polícia Federal em Cristal foi encontrado morto, nesta quinta-feira (18). Marcos Luis Berghann, 34 anos, estava dentro da cela da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Porto Alegre. 

Em nota oficial, a Polícia Federal comunicou o falecimento do homem. De acordo com a nota, ele foi “encontrado morto, com indicativo de suicídio”. A companheira de Berghann, Daniela Weissmann, 35 anos, morreu, e o filho do casal, de quatro anos, ficou ferido e está em estado grave. 

De acordo com a nota, ele foi preso em flagrante no município de Cristal, por tentativa de homicídio. A Polícia Federal irá instaurar inquérito para apurar as circunstâncias do fato.

Sobre o caso 

A Polícia Federal mantém o cerco aos criminosos acusados de explodir uma agência bancária em Dom Feliciano, no dia 6 de julho. A operação realizada na região segue com cerca de 100 homens, após a morte de duas mulheres, Aline Schmidt Pirola, de 25 anos, e Daniela Weisemann, de 35 anos, na noite desta terça-feira (17), na estrada do Palanque, a RS-354, em Cristal. 

Na ação, Marcos Luis Berghann, de 34 anos, foi preso. Ele chegou a ser encaminhado ao Hospital Nossa Senhora Aparecida, de Camaquã, mas já foi liberado e encaminhado a Porto Alegre, sob custódia da Polícia Federal. Berghann tem uma condenação por homicídio e cumpria em prisão domiciliar. Uma criança de quatro anos está gravemente ferida. Ele é filho de Marcos Berghann e Daniela Weisemann, e estava em um dos carros no momento da ação. 

As mulheres mortas vieram para a região com o objetivo de resgatar os homens, que estavam escondidos em uma mata desde a data do crime. A família dos criminosos foi usada como “escudo”, para que os criminosos tentassem enganar a polícia. No entanto, ao furar a blitz, dois carros foram alvejados por disparos. Criminosos em outros dois veículos conseguiram fugir.

Deixar um comentário