15/05/2019 09h05 - Atualizado em 15/05/2019 09h05

Volante gremista confia em sequência de vitórias

Maicon diz que está bem e segue cronograma de trabalhos físicos
Por: Jornal do Comércio - Foto: Lucas Uebel/Grêmio
Volante gremista confia em sequência de vitórias

O Grêmio voltou aos trabalhos ontem, após dois dias de folga, e já iniciou a preparação para a próxima partida pelo Campeonato Brasileiro. Ainda sem vencer na competição, após quatro rodadas, o Tricolor sabe da necessidade de somar pontos, mesmo que o confronto seja fora de casa. O próximo desafio do técnico Renato Portaluppi é em Fortaleza, contra o Ceará, no domingo.

E é sobre isso que o volante Maicon falou, ontem, durante a coletiva pós-treino. O capitão gremista ressaltou que é preciso de alguns triunfos em sequência para recuperar os pontos perdidos - o time soma apenas dois de 12 disputados. "Nesses jogos do Brasileiro, temos que encostar nos primeiros lugares, para que a gente possa ir para a pausa da Copa América com mais tranquilidade", disse.

Sobre a sua condição, o atleta falou que está bem e que não tem problemas físicos. "Estou cada vez melhor, fazendo os trabalhos programados na fisioterapia e na musculação. Claro que com a sequência de jogos o professor faz algumas mudanças na equipe, é natural", comentou.

Sobre o confronto com o Libertad, adversário pelas oitavas de final da Libertadores, Maicon comentou que todos que chegaram neste momento do torneio são equipes qualificadas. "Não tem muito o que escolher. Ainda tem bastante tempo até o jogo pela Libertadores. Temos outros compromissos importantes, principalmente o do próximo fim de semana. Temos que nos recuperar o mais rápido possível no Brasileiro", reforçou.

Dentro de campo, Portaluppi não contará com Kannemann, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Nas demais posições, a equipe deve ir a campo com o que tem de melhor. O grupo volta aos trabalhos hoje à tarde. Ontem, os titulares realizaram um trabalho físico, enquanto os reservas foram a campo para um coletivo.

Ontem, o clube foi denunciado pela Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelo episódio de injúria racial contra o atacante Yony González na derrota por 5 a 4 para o Fluminense, no dia 5 de maio, pela 3ª rodada do Brasileirão. O clube será julgado nesta sexta-feira. Em caso de condenação, o Tricolor pode receber uma multa de até R$ 100 mil. Entretanto, não corre o risco de perder mandos de campo. Já o torcedor, que ainda não foi identificado, pode ser punido com, no mínimo, 720 dias sem frequentar estádios.

Deixar um comentário