06/12/2018 08h49 - Atualizado em 06/12/2018 08h49

Familiares buscam por camaquense desaparecida

Buscas por Ana Lucia da Silva Moreira, iniciaram nesta quarta-feira e persistem nesta quinta
Por: Gil Martins/Acústica FM - Foto: Divulgação
Familiares buscam por camaquense desaparecida

Familiares buscam por uma moradora do bairro Gaúcho em Camaquã, que está desaparecida desde a manhã desta quarta-feira (05). Ana Lucia da Silva Moreira saiu de casa e não foi mais vista.

Uma ocorrência policial foi formalizada na delegacia local, onde os familiares relataram que ela é moradora da rua Hildebrando Pedroso no bairro Gaúcho. Ao sair de casa, ela não levou celular, dinheiro, documentos e nem seu par de óculos.

O fato de Ana Lúcia sofrer de depressão, fez com que aumentasse ainda mais a aflição da família, que nesta quarta-feira, acionou o Corpo de Bombeiros da cidade. O receio é de que ela tivesse se jogado de uma ponte sobre o Arroio Duro, nas proximidades do CTG Camaquã.

Um grupo de profissionais dos Bombeiros atendeu o chamamento da família e se deslocou até o local, onde usando um bote inflável, realizou buscas por um longo trecho do arroio. A equipe deve realizar mais buscas nesta quinta-feira (06).

Procurado pela reportagem da Acústica, o Corpo de Bombeiros da cidade afirmou que não há testemunhas que tenham visto a mulher de 58 anos se jogando naquelas águas, mas mesmo assim atendeu à solicitação da família e prestou o auxílio nas buscas.

Informações sobre o paradeiro de Ana Lucia da Silva Moreira, podem ser fornecidas à Polícia Civil, através do número 197.

Deixar um comentário