16/11/2018 09h38 - Atualizado em 16/11/2018 09h38

Eu sei que dói!

Confira o novo texto desta semana da colunista Simone Cortez
Por: Simone Cortez
Eu sei que dói!

Eu sei que dói!

Nunca gostei daquela frase: "você tem que trabalhar isso em você".

Custei a entender o resultado positivo disso, até porque é um processo doloroso - fácil falar, difícil realizar -, pois quando nascemos, recebemos alguns valores, mas não fomos ensinados a nos reprogramar o tempo todo como máquinas.

Esqueça a velha teoria limitadora que não te leva a nada: "ah eu sou assim e ponto final"! Então, Você vai ficar ai parado com os mesmos conceitos e manias? E o mundo lá fora evoluindo? A mudança interna é dolorosa, mas recompensadora, pois viemos nesse mundo para aprender e evoluir, não é mesmo?

Inove, faça algo que ainda não fazia parte do seu mundo até então, como um esporte novo, o gosto por um novo estilo de música. Trabalhar algo dentro de você significa se monitorar os pensamentos, agir diferente o tempo todo, testar, experienciar, aplicar essa técnica quando surgir a situação, agir diferente buscando novos comportamentos diante das situações e dos problemas que surgem, retomar até algum trauma da sua infância e afirmar: "aquele não sou mais eu, mudei, evolui".

Como você vai ter prazer por algo que nunca viveu? Que nunca comeu? Que nunca cheirou? Ao se dar uma chance, perceberá que os resultados positivos virão ao seu encontro. A vida passa a ficar mais fluída, valores mudam, pessoas nos elogiam e solicitam nossa presença; nos tornamos melhores e ficamos mais bonitos. Bonitos? Sim, porque a beleza vem de dentro, amigos! O "ser" e o "querer ser" se unem e a leveza, o brilho e o colorido tomam conta da sua vida sem amarras.

E, se a sua vida tomar um novo rumo, não se assuste! Vá que você queira aprender uma dança, ter novos amigos com outros estilos de vida, ter um filho, ou mudar de profissão? Estará se mostrando e jogando fora coisas do passado que te bloqueavam, porque trabalhar algo interno, não é apenas mudar por mudar, é mexer nas dores da alma e libertar-se delas! Coragem! Enfrente!

EU SEI QUE DÓI, MAS É LIBERTADOR.

Identificar, reconhecer.

Trabalhar e transformar!

Por Simone Cortez

#Dilemasdomundomoderno

Deixar um comentário