25/05/2018 14h41 - Atualizado em 25/05/2018 14h41

Governo Federal anuncia uso das forças armadas para desbloquear rodovias

Informação foi divulgada durante pronunciamento ao vivo na tarde de hoje
Por: Rodrigo Vicente - Foto: Rodrigo Vicente /Acústica FM
Governo Federal anuncia uso das forças armadas para desbloquear rodovias

Em pronunciamento realizado na tarde desta sexta-feira (25), o presidente Michel Temer informou que vai usar forças federais de segurança para desbloqueio de estradas e acostamentos no Brasil. Presidente garantiu que o governo atendeu 12 reivindicações, e os caminhoneiros se comprometeram em encerrar a paralisação, o que não ocorreu.

“Quem bloqueia estradas, quem age de maneira radical, está prejudicando a população. E garanto: será responsabilizado. O acordo está assinado, e cumpri-lo é a melhor alternativa” afirmou Temer. “O governo teve a coragem de dialogar e, agora, terá a coragem de exercer sua autoridade em defesa do povo brasileiro”, concluiu.

Conforme o jornal O Globo, o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, determinou a imediata mobilização de todo o efetivo para liberar as estradas. Ainda conforme o jornal, o assunto foi discutido na noite desta quinta-feira (24), entre Villas Bôas e os sete comandantes militares do Exército, dos comandos militares da Amazônia, Norte, Nordeste, Oeste, Leste, Sudeste e Sul, através de discutiu videoconferência.

GERAL

Rodovias: Na região há piquetes de motoristas em ao menos 12 pontos, tanto na BR-116, quanto na ERS350. Os bloqueis ocorrem em Barra do Ribeiro, Tapes, Dom Feliciano, Chuvisca, Cristal, São Lourenço do Sul, três em Camaquã e três em Pelotas. Ao todo, há registro de manifestações em pelo menos 140 pontos de rodovias federais e estaduais no RS nesta manhã, mas sem bloqueios para veículos de passeio.

Ônibus intermunicipais: As empresas Frederes e Planalto operam com horários reduzidos nas linhas que partem de Camaquã. Horários foram cancelados nesta sexta-feira e a previsão é de que persista neste sábado. A disponibilidade de horários deve ser consultada junto à Rodoviária Estadual de Camaquã (51.3671-1404).

Universidades: UFRGS, Uergs, UCPel, Feevale cancelaram as atividades letivas nesta sexta e no sábado (26). Uniasselvi, Fundasul, Ulbra e UFPel seguem com aulas normais.

Aeroporto: Salgado Filho recebeu nova carga de combustível e garante operações até a noite desta sexta-feira (25).

Abastecimento de água: A Corsan não descarta que ocorram fata desabastecimento em função da greve, mas Camaquã mantém estoque de produtos utilizados no tratamento da água.

Combustíveis: Desde a última quarta-feira (23) é registrado desabastecimento de combustíveis em Camaquã e em municípios da região. No último posto que vendia gasolina em Camaquã, o estoque acabou por volta de meio dia de ontem.

Alimentos: o risco de desabastecimento de carne, aves e hortifrúti é alto. Já faltam frutas, verduras e legumes em supermercados de Camaquã.

Deixar um comentário