Mundo

Licença PETernidade: empresário causa debate em rede social ao sugerir licença para funcionários que adotarem animais

Dono de uma grande rede de shoppings e restaurantes concedeu benefício para funcionário cuidar de seu novo cão
Por: Lennon Haas
Publicado em: 19/10/2021 às 09h29
Licença PETernidade: empresário causa debate em rede social ao sugerir licença para funcionários que adotarem animais Foto: Ilustrativa/Pixabay

Uma polêmica envolvendo trabalho e animais de estimação gerou, recentemente, debates acalorados no Linkedin. Em publicação na rede social, Roger Wade, fundador da Boxpark, uma grande rede de shoppings e restaurantes, sugeriu a criação de uma espécie de licença para funcionários que adotarem ou comprarem animais de estimação.

A ideia surgiu após um funcionário de uma de suas empresas pedir para tirar uma “licença paternidade” para cuidar de seu novo cão, no período inicial de adaptação do animal. A publicação do empresário recebeu diversas opiniões, favoráveis e contrárias.

Um dos empresários que se mostrou contrário disse que “já é difícil com pessoas em férias anuais e/ou licença maternidade/paternidade” e que “se você está recebendo um animal de estimação, é uma escolha sua e um estilo de vida”.

Já outra pessoa, que se manifestou favorável a decisão, disse que “algumas pessoas não têm a sorte de poder ter filhos e ter um cachorro para elas é como ter um bebê, uma nova adição à família”.

Wade afirmou que concedeu a licença ao seu funcionário, o permitindo trabalhar de casa, para cuidar do seu novo cão.

“Bailey e o nosso funcionário estão felizes”, disse ele.

Ele definiu o ato como uma “licença PETernidade”.