Operação policial

Helicóptero sobrevoa Camaquã em operação da Brigada Militar nesta quinta-feira (21)

A ação prevê a redução dos principais índices de criminalidade que afetam a cidade
Por: Gil Martins/Acústica FM
Publicado em: 21/10/2021 às 14h48
Atualizado em: 21/10/2021 às 15h11
Helicóptero sobrevoa Camaquã em operação da Brigada Militar nesta quinta-feira (21) Batalhão de choque participou das operações nesta quinta-feira. Fotos: Adíllio Ratto Jr/Acústica FM
Helicóptero sobrevoa Camaquã em operação da Brigada Militar nesta quinta-feira (21) Batalhão de choque participou das operações nesta quinta-feira. Fotos: Adíllio Ratto Jr/Acústica FM
Helicóptero sobrevoa Camaquã em operação da Brigada Militar nesta quinta-feira (21) Batalhão de choque participou das operações nesta quinta-feira. Fotos: Adíllio Ratto Jr/Acústica FM
Helicóptero sobrevoa Camaquã em operação da Brigada Militar nesta quinta-feira (21) Batalhão de choque participou das operações nesta quinta-feira. Fotos: Adíllio Ratto Jr/Acústica FM

Na tarde desta quinta-feira (21), a Brigada Militar realizou uma grande operação policial, com trabalhos que fazem parte do sistema Tenet de gerenciamento de operações. Em Camaquã, os procedimentos tiveram início às 14h30.

> Siga a Acústica no Google notícias tocando aqui

As ações que iniciaram na sede do 30º BPM, contaram com o apoio do 5°Batalhão de Polícia de Choque (5º BPChq), 2º Batalhão Rodoviário da Brigada Militar (BRBM) e Batalhão de Aviação da Brigada Militar (BAvBM).

Por volta das 14h, uma aeronave da Brigada Militar pousou no estádio Coronel Sílvio Luis (estádio do Guarany Futebol Clube). De lá, decolou para dar suporte aéreo aos trabalhos dos demais policiais militares.

> Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui!

A ação prevê a redução dos principais índices de criminalidade que afetam a região de abrangência. Foram abordadas diversas pessoas e vários veículos fiscalizados.

Também foram realizadas barreiras policiais em pontos estratégicos, contando com o apoio aéreo do Batalhão de Aviação da Brigada Militar (BAvBM).

> Receba todas as notícias da Acústica no seu Telegram tocando aqui!

Camaquã já registra mais de 500 furtos e roubos em 2021


A cidade de Camaquã já acumula 564 crimes relacionados com furto e roubo no ano de 2021. Os números utilizam como base, as ocorrências policiais registradas na cidade ao longo do ano.

Em pesquisa realizada pela equipe de jornalismo da Acústica, somente o número de furtos simples já somam 483, até o final do mês de setembro. O mês de março foi o que registrou o maior número de ocorrências deste tipo, com 78.

Outro dado que chama a atenção na cidade, são os furtos de veículos. Para este tipo de crime, foram 24 desde o início do ano.

A cidade soma 12 ocorrências de homicídio em 2021. O incremento realizado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) no final do mês de agosto, fez com que não houvesse registros de assassinatos no mês de setembro.

Confira os dados da segurança pública até o final de setembro de 2021 na cidade de Camaquã:

- 483 furtos;

- 289 estelionatos;

- 65 delitos relacionados ao tráfico de drogas;

- 60 delitos relacionados com a posse de drogas;

- 33 roubos;

- 32 delitos relacionados com armas e munições;

- 24 furtos de veículos;

- 18 abigeatos;

- 18 homicídios e

- 06 roubos de veículos

Camaquã deve receber reforço policial no próximo mês

Como demonstração do Governo do Estado no enfrentamento a criminalidade em Camaquã, o dia 20 de agosto foi marcado pela chegada policiais do Batalhão de Choque da Brigada Militar em Camaquã. A chegada do efetivo aconteceu no mesmo dia em que Camaquã registrou seu 12º registro de homicídio em 2021. Pablo Nunes foi morto com tiro no rosto na Avenida José Loureiro da Silva.

A expectativa é de que em novembro deste ano, haja a nomeação de novos policiais militares e civis. Com isso, Camaquã deve receber de forma definitiva, o reforço de quatro policiais e duas viaturas.