Agricultura

Governo gaúcho confirma Expointer 2021 presencial em setembro

Versão digital do evento, a exemplo do ano passado, também será mantida
Por: Valesca Luz / Acústica FM / Governo do Estado - Foto: Divulgação
Publicado em: 22/06/2021 às 08h20
Atualizado em: 12/08/2021 às 16h14
Governo gaúcho confirma Expointer 2021 presencial em setembro

O governo do Rio Grande do Sul confirmou a realização da Expointer 2021 em formato hibrido atendendo rigorosos protocolos sanitários. A 44ª edição da feira agropecuária, manterá o modelo digital implementado no ano passado e acontecerá ente os dias 4 e 12 de setembro.

As definições ocorreram em reunião virtual nesta segunda-feira (21/6) entre a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) e as copromotoras Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag/RS), prefeitura de Esteio, Federação Brasileira das Associações de Criadores de Animais de Raça (Febrac), Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas (Simers) e Sistema Ocergs-Sescoop/RS.

 > Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui!

Diante do alinhamento com as entidades copromotoras para que a Expointer aconteça, a secretária da Agricultura, Silvana Covatti, reforçou a importância da realização da exposição em um ano em que os gaúchos produziram safra recorde de grãos e conquistaram o novo status sanitário de zona livre de febre aftosa sem vacinação. “Será uma feira de negócios marcante para a retomada econômica do Estado, ao mesmo tempo em que não descuidaremos do cuidado com a vida dos gaúchos”, afirmou Silvana.

> Siga a Acústica no Google notícias tocando aqui!

A Expointer vem sendo planejada juntamente com a Secretaria Estadual da Saúde, que define os protocolos sanitários que terão que ser seguidos de forma plena, em função da pandemia do coronavírus. Nas últimas semanas, a equipe de vigilância sanitária trabalha este planejamento para criar as condições de segurança para o evento ser realizado. “Estas regras sanitárias terão um controle efetivo”, assegurou a titular da Saúde, Arita Bergmann.