Mundo

Fundador de TV cristã que fazia campanha anti-vacinas morre de covid-19

Emissora afirmou repetidas vezes que as vacinas estavam sendo usadas para tirar a liberdade dos cristãos
Por: Lennon Haas
Publicado em: 01/12/2021 às 16h00
Fundador de TV cristã que fazia campanha anti-vacinas morre de covid-19 Foto: Daystar/Divulgação

Cofundador da rede de TV cristã Daystar, Marcus Lamb, que protestou contra as vacinas da Covid-19 e difundiu diversas teorias da conspiração, morreu de Covid-19 nessa terça-feira (30), nos Estados Unidos. Ele tinha 64 anos de idade.

A rede de emissoras atinge cerca de 2 bilhões de telespectadores em todo o mundo. No Twitter, a Daystar lamentou o ocorrido

“É com o coração pesado que anunciamos que Marcus Lamb, presidente e fundador da Daystar Television Network, voltou para casa para estar com o Senhor esta manhã”, publicou.

Sob a liderança de Lamb, a Daystar divulgou repetidas teorias de conspiração anti-vacinas, totalmente sem fundamento. Por diversas vezes a emissora afirmou que as vacinas estavam sendo usadas para tirar a liberdade dos cristãos.

Em julho do ano passado, a rede passou uma hora no ar criticando uma suposta “censura” em torno da pandemia, e também premiou o apresentador Robert F. Kennedy Jr, que espalhou desinformação sobre os imunizantes.

A Daystar foi fundada em 1998 e possui mais de 100 estações de TV em todo o mundo.

Cristãos evangélicos têm recebido as vacinas em taxas mais baixas do que a população geral dos Estados Unidos.

No mês passado, Jonathan, filho de Lamb, afirmou que o fato de seu pai ser contaminado com a covid-19 se devia a forças externas sinistras.

 “Não tenho dúvidas de que este é um ataque espiritual do inimigo”, disse.