Polícia

Entenda a situação e o que se sabe sobre suposto camaquense encontrado morto no Paraná

Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá está à procura de familiares do homem
Por: Camila Mattos/ Lennon Haas/ Acústica FM
Publicado em: 05/07/2022 às 17h45
Atualizado em: 05/07/2022 às 20h34
Entenda a situação e o que se sabe sobre suposto camaquense encontrado morto no Paraná Foto: Acústica FM

A reportagem da Rádio Acústica FM entrou em contato com o Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá e com a Polícia Civil de Matinhos, no Paraná, cidade onde um homem – supostamente nascido em Camaquã- foi encontrado morto em via pública, após sofrer um mal súbito. A morte foi registrada em 24 de junho, um pouco antes das 13h.

De acordo com as informações obtidas com exclusividade pelo departamento de jornalismo da emissora, o homem possui algumas características que podem ajudar no reconhecimento do corpo. São elas: cabelos e olhos castanhos, pele branca, barba preta, uma tatuagem de um animal não identificado no pescoço e um coração com flecha no braço esquerdo.

O nome dele seria Rafael dos Santos, filho de Maria Alves dos Santos, sem registro de filiação paterna e com data de nascimento em 19 de abril de 1984.

Ainda de acordo com as autoridades, tais informações constam em uma ficha criminal e foram confirmadas por ele ao procurar atendimento médico em Matinhos, após sentir fortes dores de cabeça e no coração. No momento do atendimento, ele estava sem documentos. No município, o homem vivia em situação de rua.

Caso corpo não seja identificado em 15 dias, o óbito é registrado como desconhecido e no prazo de 30 dias, ocorre o sepultamento como indigente.

O IML pede que, caso sejam reconhecidas as características, que os familiares entrem em contato pelo telefone (41) 3420-0300.