Tricolor

Com gol de Borja, Grêmio vence o Cuiabá mas segue na zona de rebaixamento

Tricolor soma três pontos, mas ainda na penúltima posição na tabela
Por: Gil Martins/Acústica FM
Publicado em: 19/08/2021 às 08h02
Com gol de Borja, Grêmio vence o Cuiabá mas segue na zona de rebaixamento Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio enfrentou o Cuiabá, na Arena Pantanal, na noite desta quarta-feira, em jogo que havia sido adiado na 5ª rodada do Brasileirão. Com gol de Borja, a equipe comandada pelo técnico Luis Felipe Scolari venceu os donos da casa por 1 a 0, somando três pontos na competição, chegando a 13, mas ainda permanecendo na 13ª posição.

O primeiro tempo da partida iniciou movimentado, com muita disputa por parte das duas equipes. Próximo dos sete minutos de jogo, o Tricolor criou uma chance no ataque após trabalhar bem a bola pelo meio. Borja recebeu o último passe, acionado pelo estreante da noite Villasanti, na entrada da área. O centroavante dominou e finalizou, mas a bola saiu. 

Outra tentativa gremista saiu de uma trama entre Alisson e Villasanti próximo da área. O paraguaio recebeu e chutou forte, mas a bola saiu. Logo em seguida, Alisson de novo no ataque, invadiu a área em velocidade e foi derrubado por João Lucas - Após análise do VAR, a arbitragem assinalou pênalti para o Tricolor. Na cobrança, com qualidade e tranquilidade, Borja mandou no canto esquerdo da meta adversária, abrindo o marcador na Arena Pantanal, aos 24 minutos da etapa inicial. 

O Grêmio chegou novamente aos 27’, quando Douglas Costa inverteu o jogo acionando Alisson na esquerda. O atacante recebeu e tentou o chute colocado, mas a bola passou por sobre a meta.  

Mas dois minutos depois, o técnico Luis Felipe Scolari providenciou sua primeira alteração: Maicon precisou ser substituído por sentir lesão - Lucas Silva entrou no seu lugar. 

O Cuiabá tentou responder com Auremir, que de fora da área, chutou forte, mas carimbou a zaga, que afastou, aos 31’. Seis minutos depois, foi a vez de Clayson dentro da área, fazer um cruzamento rasteiro para o meio, mas Rodrigues fez o corte. 

Mas o Tricolor quase ampliou logo em seguida. Pela direita, Douglas Costa fez um cruzamento preciso na cabeça de Borja, que desviou firme a gol. A bola só não balançou as redes, pela grande defesa de Walter. 

Do outro lado, os adversários ameaçaram de novo: Jenison recebeu na pequena área, mas a defesa gremista atenta, conseguiu recuar para Chapecó, que segurou e fez a defesa. Na reta final, Pepê recebeu na meia direita e chutou, mas mandou à direita da meta gremista. 

O Grêmio voltou a campo com uma mudança: Lucas Silva, que havia ocupado o lugar de Maicon, teve que deixar o jogo por sentir um desconforto. Jean Pyerre assumiu a posição. 

Aos 2’, Cleyson recebeu livre no meio da área e chutou, mandando à direita do gol tricolor e perdendo a melhor chance do Cuiabá. Logo na sequência, o atacante fez um cruzamento na área para Uendel, mas Vanderson conseguiu o corte. 

Já quatro minutos depois, o Tricolor chegou em escanteio. Douglas Costa colocou na área, mas Paulão fez o corte. Mas aos 8’, Cleyson arrematou da intermediária de ataque, mandando direto a gol. Chapecó voou para fazer uma grande defesa. 

Os donos da casa tiveram mais uma chance em cobrança de falta: De novo Clayson cobrou direto, nas mãos do goleiro tricolor. 

Outras substituições foram providenciadas no time tricolor: Léo Pereira ocupou o lugar de Douglas Costa, aos 31’. 

O Cuiabá teve mais uma oportunidade em cobrança de falta, na reta final – aos 39’, Cabrera colocou na área e Jonathan Cafú tentou o desvio. Chapecó afastou o perigo de soco. Cleyson ainda mandou uma bola na trave, quase empatando a partida. 

A última mudança na equipe foi feita, com Alisson dando lugar para Luiz Fernando, aos 46’. 

Com a vitória por 1 a 0, o Tricolor soma três pontos e chega a 13 na competição, mas ainda na penúltima posição na tabela.